ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • Plebiscito Constituinte
informes - ABONG

36810/10/2006 a 16/10/2006

A CARE e o Dia Internacional de Combate à Pobreza

Em 17 de outubro, Dia Internacional de Combate à Pobreza, o Secretário Geral da Care, Denis Caillaux, apresentará às Nações Unidas, em Genebra, na Suíça, em ocasião dos 60 anos de criação da CARE, uma declaração intitulada As Mulheres Cuidam (Women Care).

 

A declaração é uma chamada a todas as lideranças políticas, religiosas e culturais para que assumam seus compromissos para as Metas de Desenvolvimento do Milênio e focalizarem principalmente a melhoria das condições das mulheres em todo o mundo.

 

O documento já foi assinado por mais de 60 mulheres proeminentes em âmbito mundial, das mais diversas profissões – artistas, políticas, ganhadoras de prêmios Nobel, empresárias – incluindo nomes como as atrizes Meg Ryan, Cate Blanchett e Kristin Scott-Thomas, a modelo Christie Turlington Burns, a prêmio Nobel da Paz 2003, Shirin Ebadi, e a jornalista brasileira Neide Duarte.

Atualmente as mulheres representam dois terços dos 876 milhões de adultos analfabetos do mundo. Elas são mais da metade da população mundial e produzem metade dos alimentos do mundo, apesar de serem proprietárias de somente 1% das terras produtivas.

 

A Care, que conta com seis décadas de experiência e pesquisa intensiva, tem demonstrado que quanto mais tempo uma jovem fica na escola, maior será a renda de sua família quando ela se tornar adulta. Em resumo, o fortalecimento das condições das mulheres é crucial como primeira ação para as mudanças nos países mais pobres do mundo.

 

Neste ano de 2006, a Care celebra seu 60º aniversário e enfatiza o papel-chave da mulher no rompimento do ciclo da pobreza com o documento As Mulheres Cuidam. O que se busca é aumentar o conhecimento sobre as questões que afetam as mulheres pobres e enfatizar que, se elas fossem equipadas com os recursos apropriados, teriam o poder de ajudar famílias e comunidades inteiras a saírem da pobreza. (Por Priscila Valdes)

lerler
  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca