ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • Beyond
informes - ABONG

34428/03/2006 a 3/04/2006

NUHAB monitora áreas de risco em Fortaleza

O Núcleo de Habitação e Meio Ambiente, uma rede formada por 13 organizações e movimentos sociais de Fortaleza, visitou, em 30 de março, nove áreas de risco nas seis regionais, para verificar as ações preventivas às enchentes previstas no Plano de Ação de Defesa Civil da Prefeitura Municipal de Fortaleza para 2006. Apresentado no início deste ano, o plano prevê ações como o mapeamento de abrigos, campanhas socioeducativas e cursos de educação ambiental para a população das áreas.

A rede Nuhab vem, desde 2003, monitorando a situação das áreas de risco e cobrando políticas públicas efetivas e de longo prazo para a questão. O projeto do Nuhab é coordenado pelo Centro de Estudos Articulação e Referência sobre Assentamentos Humanos (Cearah Periferia), que comemora em 2006 seus 15 anos de existência.

Para Hilda Costa, coordenadora do projeto, a visita cumpriu com seu objetivo inicial de constatar junto às comunidades se houve avanço no plano dirigido às famílias nas áreas de risco. "É um avanço a prefeitura elaborar um plano integrado, mas ficou claro durante a visita que muitas famílias ainda desconhecem esse plano emergencial", avalia. "É necessário pensar políticas estruturantes, já que é uma situação de risco também de ordem social, econômica, ambiental e fundiária."

Hilda também considera que existem saídas para o problema: uma delas é o mapeamento dos vazios urbanos e a destinação dessas áreas para moradia popular a um custo menor para o poder público, pois essas regiões, normalmente em áreas centrais, já contam com infra-estrutura e serviços urbanos. "E há outras propostas: em 2005, o projeto de advocacy Águas de Março, coordenado pelo Cearah Periferia, entregou ao poder público um dossiê com fotos e depoimentos, narrando todo o drama das famílias nas áreas de risco. Durante a visita, percebemos que não se avançou nas proposições levantadas pelo dossiê". www.cearahperiferia.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca