ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • TTF Brasil
informes - ABONG

3291°/11/2005 a 7/11/2005

Notas

Abong disponibiliza artigos sobre Conferências

A Abong está produzindo uma publicação, que será distribuída durante a VI Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente e a V Conferência Nacional de Assistência Social. Este lançamento foi antecipado, e a Abong está disponibilizando todos os artigos integralmente em seu site (www.abong.org.br), no box Conferências. A Associação ocupa atualmente a presidência do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) e está na coordenação do Fórum Nacional da Assistência Social.

 

Produzir e socializar análises, informações e subsídios para o debate público em Conferências e Conselhos sempre foi um dos seus objetivos e estratégias, para avançar no controle social e co-gestão das políticas públicas. A V Conferência Nacional de Assistência Social acontecerá em Brasília, no período de 5 a 8 de dezembro de 2005, e terá como tema “SUAS – PLANO 10: Estratégias e Metas para Implementação da Política Nacional de Assistência Social”. A VI Conferencia Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente será realizada entre os dias 12 a 15 de dezembro de 2005, também em Brasília. O tema da Conferência será “Participação, Controle Social e Garantia de Direitos – Por uma Política para a Criança e o Adolescente”.

 

17 de outubro - 24 horas de ação feminista no mundo

Em 17 de outubro – Dia de Luta contra a Pobreza –, mulheres do mundo inteiro seguiram o ciclo do sol ao redor da terra, mobilizadas em 24 horas de solidariedade. Nesse dia, a viagem da Carta Mundial das Mulheres para a Humanidade e da Colcha terminou, chegando em Burkina Faso após meses de ações em 53 países.

 

Do meio dia até a uma hora da tarde, mulheres também saíram às ruas para manifestar seu compromisso com a Carta e seus valores de igualdade, liberdade, justiça, paz e solidariedade.No Brasil, a Marcha Mundial das Mulheres apresentou o tema da valorização do salário mínimo, mobilizou seus comitês estaduais e as feministas estiveram nas ruas em atos públicos, manifestações populares, seminários, rodas de conversa, leitura da Carta Mundial, denúncia da desigualdade social e apresentando a construção de outro país, justo e igualitário, com distribuição de renda e sem opressão. O relato de todas essas ações estão disponíveis em http://mmf.lecarrefour.org/solidarity24h/es. O próximo boletim da Marcha divulgará como foi o encerramento desta jornada, que envolveu milhares de mulheres em todo o mundo. Veja também fotos das ações do dia 17: www.marchamundialdasmulheres.org.

lerler
  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca