ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • FIP
informes - ABONG

32718/10/2005 a 24/10/2005

Mutirão por um novo Brasil tem início dia 25

Para apontar os possíveis caminhos para um Brasil mais justo e a serviço do bem comum da população, acontecerá em Brasília, entre os dias 25 e 28 de outubro, a Assembléia Popular: Mutirão por um novo Brasil. Cerca de 40 movimentos sociais e entidades estão na Coordenação Geral da Assembléia, da qual deverão participar 8 mil representantes - entre eles(as), da Abong e de diversas associadas. 

A Assembléia Popular nasceu no final de 2004, por meio de encontros de movimentos sociais realizados em Brasília, com os temas da auditoria da dívida, da Alca e das alternativas para o país. Conforme Paulo Roberto Martins Maldos, assessor político do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) - um dos coordenadores da ação -, naquele momento, a proposta foi apresentada. "Com a crise política que se instalou, cresceu a preocupação entre dirigentes, tanto da 4ª Semana Social Brasileira como da Campanha Jubileu Sul, com o clima de pessimismo, frustração, dispersão nos movimentos sociais e com a nossa duplicação de esforços, em ambas as articulações, em "momentos nacionais"", relata. 

Optou-se, então, por realizar somente uma grande Assembléia Popular unificada, que contemplasse o grande tema comum de ambas as redes - o Brasil que queremos - e que envolvesse todos os movimentos sociais e entidades.

Segundo Maldos, o objetivo era articular os movimentos para, fortalecidos, construir não só uma resposta à conjuntura imediata, mas uma alternativa estratégica para o país. "Esperamos construir um patamar superior de articulação dos movimentos sociais, com uma agenda de curto e longo prazos; uma maior clareza dos grandes rumos das nossas lutas comuns; um enraizamento maior dos movimentos em todo o país, com a priorização do trabalho de base e do trabalho de formação de militantes e um maior protagonismo dos setores sociais no controle democrático do Estado brasileiro." Participe: www.assembleiapopular.com.br/

lerler
  • PROJETOS

    • Fórum Social Mundial

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca