ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • ALOP
informes - ABONG

3254/10/2005 a 10/10/2005

Mirim-Brasil participa da Helsinki Conference 2005

Globalizar os direitos a fim de construir um futuro de paz, a solidariedade e a justiça. Com base neste princípio, o Movimento Infanto-Juvenil de Reivindicação (Mirim-Brasil) atua internacionalmente na defesa dos direitos humanos, especificamente os de crianças e adolescentes. A última participação foi na Helsinki Conference 2005, encontro mundial que reuniu líderes de governo, representantes do setor privado e da sociedade civil, de 7 a 9 de setembro, em Helsinki, Finlândia. O evento dirigiu-se ao desafio de construir um compromisso para a implementação de etapas necessárias ao desenvolvimento de um mundo mais seguro e democrático.

 

O encontro analisou o Helsinki Process on Globalisations and Democracy, um diálogo entre os principais atores sociais interessados na busca de soluções novas e fortalecedoras para o dilema da governança global, com foco nos problemas e economia globais e na segurança humana. Segundo Anna Maria F. de Paula, secretária de Relações Internacionais do Mirim-Brasil e vice-presidente do IFM-SEI (Movimento Internacional dos Falcões – Internacional Educacional Socialista), o essencial do evento foi o encontro reunir representatividades dos três setores, com atuação igualitária. “A sociedade civil organizada não tem condições de trabalhar de maneira isolada. O que está em construção é um apoio recíproco entre sociedade civil, governo e iniciativa privada”, analisa.

 

Antes da Helsinki Conference, Anna Maria participou da Helsinki Youth Conference, realizada de 5 a 6 de setembro, cujo objetivo foi promover a participação de jovens na governança global. Participaram do evento dez organizações juvenis internacionais e cinco finlandesas, bem como cinco jovens que participarão da Assembléia Geral da ONU, em 6 de novembro.

Um dos temas da Helsinki Youth Conference foi trabalho infantil. “Não há como acabar com o trabalho infantil se não forem resolvidos outros problemas sociais. Ao mesmo tempo em que o trabalho infantil é conseqüência da pobreza, também é causa, impede e limita o desenvolvimento da criança e da sociedade. A eliminação do primeiro não se refere somente aos direitos das crianças e, sim, aos direitos humanos. E a educação tem papel fundamental para interromper as gerações de pobreza e injustiça”, explica.

 

A atuação propositiva das associadas à Abong junto a governos e iniciativa privada, na busca de soluções para os problemas sociais, é uma constante. Isso as legitima como instituições de utilidade pública comprometidas com os interesses da cidadania. (Por Sylvia Siqueira).

 

lerler
  • PROJETOS

    • FIP - Fórum Internacional das Plataformas Nacionais de ONGs

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca