ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • Fórum Social Mundial
informes - ABONG

31114/06/2005 a 20/06/2005

ABONG e DED promovem oficina sobre comunicação e projeto político-institucional

Aproximadamente 40 representações de ONGs e movimentos sociais, na sua maioria de assessorias de comunicação da Abong e de organizações parceiras suas e de DED (Serviço de Cooperação Alemã), dedicaram dois dias para se envolver totalmente em discussões e análises de um tema que, sem ser quase discutido, toma conta dos seus cotidianos: comunicação e projeto político institucional. A oficina, aberta a todas as pessoas e organizações interessadas na proposta, aconteceu nos dias 13 e 14 de junho em Recife (PE) e foi realizada pelo Núcleo de Comunicação do Regional Abong Nordeste 1 e por DED. O objetivo central do encontro foi contribuir com as organizações interessadas na construção de uma política de comunicação institucional. Sendo assim, a oficina centrou-se no debate sobre as múltiplas dimensões da relação entre comunicação e política.

Coordenada por Márcia Larangeira e Rosário de Pompéia, integrantes do Núcleo de Comunicação do Regional NE 1 e, respectivamente, das ONGs SOS Corpo - Instituto Feminista para a Democracia e Centro de Cultura Luiz Freire, a oficina teve sua abertura realizada pela diretora de desenvolvimento institucional da Abong Nacional, Taciana Gouveia, pelo diretor geral de DED, Editer Werner Schneider, e por Claudia Fix, responsável pela área de comunicação de DED, que participou de todo o processo junto com as assessorias e coordenações executivas presentes.

No primeiro dia, os grupos dialogaram amplamente sobre comunicação e seus vários referenciais teóricos e conceituais, bem como sobre matérias de autoria de pessoas de diferentes áreas e campos da sociedade - e sua contribuição, ou não, para a luta das ONGs e dos movimentos por uma democracia justa e igualitária. Mas as reflexões não ficaram somente no campo da teoria: as assessorias avaliaram, de diferentes formas, quais os reais significados e usos desses conceitos nas e para as estratégias de comunicação e ações concretas de suas organizações e movimentos, sempre direcionadas para a transformação com justiça social no País e no mundo. 

A relação entre a comunicação e o projeto político institucional foi transversal em todos os momentos: desde as análises sobre os meios utilizados para mostrar a ação política, os avanços e as conquistas por meio dos processos de democratização da democracia até os desafios atuais no agir comunicativo de ONGs e movimentos com governos, setor privado, sistema ONU, etc.

Já a relação entre os conceitos de comunicação e política foi a tônica inicial do dia 14. Os grupos avaliaram os desafios de elaborar uma política de comunicação, entre eles, como traçar esta política sem cair nas armadilhas da ordem mundial, apresentando alternativas factíveis e re-significando conceitos e linguagens, tendo em conta a missão das entidades. A dimensão de sujeito coletivo, as problemáticas da realidade em que se vive hoje - e seus discursos cada vez mais contraditórios -, o papel da assessoria de comunicação e imprensa em ONGs e movimentos foram outros dos vários assuntos que estimularam ainda mais os diálogos.

Para além de confirmar a importância da oficina e de todas as ricas discussões, todos(as) os(as) participantes foram unânimes na sua avaliação: o debate apenas começou e sua continuidade tem de acontecer o mais breve possível. Márcia e Rosário concordaram com a consideração final dos(as) presentes. "Foi bom que o espaço tenha propiciado este debate político tão complexo sobre comunicação e política institucional, contando com a participação intensa das pessoas presentes", avaliou Márcia. 
Regional Abong NE 1: abong@cenap.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Observatório da Sociedade Civil

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca