ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • TTF Brasil
informes - ABONG

2786/07/2004 a 8/07/2004

Encontro analisa os sentidos da democracia e da participação

Para realizar um balanço crítico sobre a participação e a democracia brasileiras, com base na discussão sobre os significados destes termos e das suas implicações políticas e culturais em disputa, aconteceu em São Paulo, no período de 1o a 3 de julho, um grande encontro: o seminário Os sentidos da democracia e da participação. O evento foi organizado pelo Instituto Pólis e realizado por Inter-Redes, Abong, Instituto Pólis, Fórum Nacional de Participação Popular, Ibase, Fase, Centrac, Inesc, Etapas, Fórum Paulista de Participação Popular, Mapas - Ibase (Action Aid, Fundação Ford), com o apoio da Cese e da Oxfam.

Com a presença de cerca de 270 pessoas de vários campos da sociedade civil, personalidades - como Chico de Oliveira, Marilena Chauí e Plínio de Arruda Sampaio -, representantes do poder público e lideranças de ONGs, fóruns e movimentos sociais realizaram análises e discutiram minuciosamente os sentidos da democracia e da participação.

Além do resgate histórico-filosófico e prático dos termos na história da humanidade e do Brasil, foram examinados como os atores, suas práticas e discursos se manifestaram e como se apresentam hoje. A participação no governo Lula e também uma proposta de diálogo e controvérsia sobre governo democrático e participação da sociedade foram temas de outras duas mesas e provocaram uma ampla revisão da participação popular.

Na tarde do segundo dia do encontro, ocorreram seis oficinas temáticas simultâneas, com a proposta central de realizarem um balanço crítico da participação: o que as experiências participativas nos ensinam. Com isso, os grupos fizeram diagnósticos e levantaram as raízes dos seguintes temas: 1) Governabilidade e participação; 2) Representação e representatividade nos espaços participativos; 3) Gestão e participação comunitária; 4) Cooptação versus autonomia: fortalecimento da sociedade civil e a constituição de sujeitos coletivos; 5) Novas dinâmicas e novas formas de fazer política; 6) Impactos da participação na redistribuição da riqueza.

No final do seminário, foi proposta uma agenda da participação popular para os próximos anos, da qual constam ações para: ressignificar paradigmas e estratégias de atuação; fortalecer os conselhos; fortalecer a organização da sociedade civil; fortalecer e ampliar espaços de educação popular; ampliar e qualificar a intervenção popular no governo Lula.

Em breve, estarão disponíveis nos sites da Abong e do Pólis as íntegras das apresentações ocorridas no Seminário.
www.abong.org.br / www.polis.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca