ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Pão Para o Mundo
  • REDES

    • Action2015
informes - ABONG

2509/10/2003 a 15/10/2003

Cetra: 22 anos de luta

Em meados da década de 1970, dois advogados e uma assistente social viajavam pelo interior do Ceará, prestando assessoria jurídica a pequen@s trabalhadores/as rurais, explorad@s por fazendeiros. Antônio Pinheiro, Eduardo Freire e Margarida Pinheiro contavam com o respaldo da Igreja e, depois, com o processo de discussão sobre o novo sindicalismo, também com o apoio dos Sindicatos Rurais e Urbanos. Assim, em 1981, surge o Centro de Estudos do Trabalho e de Assessoria ao Trabalhador (Cetra), que neste ano comemora seus 22 anos de luta.

Considerada a primeira ONG do Ceará ligada à questão agrária, o Cetra tem uma trajetória de muito trabalho e muitas histórias. A fundadora e hoje coordenadora-geral do Cetra, Margarida Pinheiro, relembra que, no início das atividades, o engajamento político era só para os homens. "Uma das minhas surpresas era que o próprio sindicato não aceitava as mulheres e era raro encontrá-las em lideranças sindicais. Então, nossa discussão era também sobre a participação social e política das mulheres nas associações." 

Até transformar este quadro, foi um longo processo. Inicialmente, o debate era realizado só com as mulheres casadas, que já se reuniam por causa dos maridos. Aos poucos, foram introduzindo outras mulheres, como mães solteiras e viúvas. "Começamos, então, a debater temas como sexualidade, participação da mulher nos sindicatos, a importância de participar de partidos políticos", ressalta.

Fatos como este fizeram com que o Cetra celebrasse, em 2 de setembro, a data de sua criação com um grande lançamento: a publicação do livro Terra Feita de Gente - Uma história de emancipação social no Ceará. A idéia de publicar um livro contando a história de duas décadas de atuação surgiu no final de 2000. Para tal, a jornalista Ana Naddaf, o fotógrafo Cláudio Lima e Margarida foram atrás de alguns personagens dessa história. 

Ao reconstituir seus anos de existência, o livro do Cetra conta também a história da reforma agrária no Estado do Ceará. Outro aspecto é que o relato dessa "saga por emancipação social", como define a ONG, está no fato dela ser contada com base na ótica d@s beneficiári@s e não pelo olhar do Cetra. O resultado é uma série de testemunhos com as características do depoimento oral preservadas. "Gosto de olhar para trás e ver a história de tod@s esses/as trabalhadores/as rurais, principalmente das mulheres que estiveram na luta, e também de ver que meus filhos, que nos acompanhavam no início, seguiram, de uma forma ou de outra, nossos passos."


Para adquirir Terra Feita de Gente contate: (85) 247.1659. E-mail: erika@cetra.org.br e mariana@cetra.org.br. Preço :R$15 + taxa.

lerler
  • PROJETOS

    • Fórum Social Mundial

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca