ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Pão Para o Mundo
  • REDES

    • Plataforma MROSC
informes - ABONG

24421/08/2003 a 27/08/2003

IBEAC recebe 1° lugar no Prêmio Betinho

O Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário (Ibeac), ONG criada em 1981, associada à Abong, recebeu, em 8 de agosto, o 1º lugar do Prêmio Herbert de Souza - Betinho de Cidadania 2003, conferido pela Câmara Municipal de São Paulo. O Ibeac foi premiado pelo seu Programa de Formação de Agentes Comunitários de Saúde em Direitos Humanos, desenvolvido com os Agentes Comunitários de Saúde do Programa Saúde da Família da Prefeitura Municipal de São Paulo, com o apoio do Programa Paz nas Escolas do Ministério da Justiça e em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo. 

Desde 2001, o Programa já formou mais de 700 pessoas entre Agentes Comunitários de Saúde (ACSs), que atendem mais de 100 mil famílias, além de outros profissionais do PSF e representantes das comunidades locais. O principal objetivo do programa é incorporar os direitos humanos à formação e à prática especialmente dos ACSs, como forma de enfrentamento da violência em todas as suas manifestações, principalmente nas famílias e nas escolas. 

Considerando como forma de violência toda forma de violação de direitos, e com a possibilidade de trabalhar com os Agentes Comunitários de Saúde do Programa Saúde da Família da PMSP, o Ibeac selecionou os 13 distritos do município de São Paulo que apresentavam os maiores índices de ocorrência de acontecimentos violentos, dividindo o projeto em três eixos: o primeiro, para a formação dos ACSs em Direitos Humanos, possibilitando que relacionassem os diversos conteúdos com suas práticas cotidianas, propiciando a identificação dos vários tipos de violências que marcam o dia-a-dia das relações pessoais e institucionais. Um segundo eixo foi a realização, em conjunto com os ACSs, de um Diagnóstico da Violência (650 entrevistas), para identificar, na comunidade, sua percepção de violência e de violação de direitos, o quanto se sente afetada pela violência e que caminhos aponta para a solução dos conflitos no bairro. O terceiro, mescla a aprendizagem das formações com a vivência do diagnóstico: é a elaboração e a execução de Planos de Promoção e Ação para Cidadania, em seis distritos periféricos, escolhidos entre os 13 iniciais. 

Outra notícia foi o lançamento, pela secretária Estadual de Cultura, Cláudia Costin, do Programa "São Paulo em Estado de Leitores" - iniciativa do Conselho Estadual de Cultura e da Secretaria Estadual de Cultura - na Biblioteca Comunitária e Centro de Documentação de Direitos Humanos Solano Trindade, espaço constituído por intermédio a atuação do Ibeac, desenvolvendo um dos programas de formação em direitos humanos com jovens agentes de Cidade Tiradentes, zona leste da capital.
ibeac@uol.com.br

lerler
  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca