ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • MCCE
informes - ABONG

2253/04/2003 a 9/04/2003

3° concurso sobre negro e educação

Mais uma vez, a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd) e a ONG Ação Educativa organizam, com o apoio da Fundação Ford, o Concurso de Dotações de Pesquisa sobre Negro e Educação. O lançamento desta terceira edição ocorrerá em 4 de abril, com um painel de debates sobre história e cultura afro-brasileira no ensino básico e políticas de ação afirmativa. 

O debate sobre história e cultura afro-brasileira no ensino básico será coordenado por Nilma Lino Gomes, professora da faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas. Em janeiro deste ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei 10.639, determinando que as escolas de ensino fundamental e médio incluam o ensino de história e cultura afro-brasileira em seus currículos. O segundo debate, sobre políticas de ação afirmativa, será dirigido por Valter Roberto Silvério, professor da Universidade Federal de São Carlos - UFSCar e pesquisador nas linhas de relações raciais, minorias identidades. A coordenação da mesa ficará a cargo de Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva, professora da UFSCar, especialista em educação e identidade cultural, primeira negra a ocupar um cargo no Conselho Nacional de Educação. 

Maria Clara Di Pierro, coordenadora do Programa de Políticas Públicas e Educação da Ação Educativa, apóia a Comissão Acadêmica do Concurso. Ela lembra que os negros têm índices de analfabetismo muitos mais altos e níveis de escolaridade muito inferiores que a média da população. "É uma problemática de eqüidade social e educacional pouco pesquisada. O concurso é uma das várias iniciativas em curso, que visa a trazer à tona o tema e desenvolver a pesquisa nesta área, apoiando principalmente jovens pesquisadores, iniciantes, buscando enraizar núcleos de pesquisa nas universidades, formar grupos, desenvolver linhas de pesquisa." 

Maria Clara aponta também para os saldos obtidos com os concursos anteriores: no âmbito da ANPEd já se criou um grupo de estudos sobre esta temática, que é um espaço de intercâmbio, de formação e de desenvolvimento. Da mesma forma, também foram apoiados alguns centros universitários onde essas linhas estão se desenvolvendo.


O 3º Concurso Negro e Educação contemplará com bolsas de R$ 14 mil até 20 projetos de pesquisadores iniciantes, preocupados com temas relacionados à superação das desigualdades étnico-raciais no Brasil, particularmente no âmbito educacional. As inscrições de projetos estão abertas de 17 de março a 9 de maio de 2003. 

As informações sobre o concurso e o edital completo podem ser obtidos nos sites www.acaoeducativa.org, www.anped.org.br ou solicitados pelo tel.: (11) 3151-2333 e pelo e-mail concursonegroeeducacao@acaoeducativa.org

lerler
  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca