ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • Action2015
informes - ABONG

20824/10/2002 a 30/10/2002

CEDECA/Proame lança projeto para enfrentar maus-tratos contra crianças e adolescentes

No mês em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) apresenta seu Relatório Mundial sobre Violência e Saúde, que examina a violência como uma questão de saúde pública, o Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Bertholdo Weber, da ONG Programa de Apoio a Meninos e Meninas (Cedeca/Proame), lança o projeto Travessia - A Escola como Ponto de Partida. O objetivo é identificar e prevenir os maus-tratos contra crianças e adolescentes em São Leopoldo (RS), em especial, a exploração e o abuso sexual.

A OMS estima que, em 2000, ocorreram no mundo cerca de 57 mil homicídios de crianças e jovens com menos de 15 anos, vítimas de violência doméstica - e somente um em cada 20 casos é registrado. O Cedeca/Proame colabora para reverter esta situação. "Já há algum tempo, trabalhamos a questão da violência contra a criança e o adolescente como uma questão de saúde pública. Isto se justifica pela freqüência e gravidade do problema.", diz a psicóloga do Centro, Beatriz Camargo dos Santos. Desde 1996, o Cedeca desenvolve, também, o projeto Travessia Remodelando o Futuro, realizando ações de avaliação e intervenção protetora primária junto a crianças e adolescentes, vítimas de violência, e de suas famílias (com intervenção psicológica, jurídica e social), encaminhadas pelos Conselhos Tutelares da região, Juizado da Infância e Juventude e Delegacias de Polícia. Estas ações são permanentes e outras, de caráter preventivo, são realizadas de acordo com parcerias firmadas.

Para Beatriz, os "sinais de violência" ficam visíveis no cotidiano da escola, causando, entre outros problemas, dificuldades de aprendizagem, agressividade e depressão. Assim, o Travessia - A Escola como Ponto de Partida está sendo desenvolvido como um projeto-piloto em cinco escolas da rede pública, com grupos de 20 jovens por escola e um total de 30 professores. Entre as diversas ações previstas, o Cedeca realizará a formação de professores, para que atuem como disseminadores de conhecimentos e ações; oficinas de arte-comunicação para os alunos-adolescentes, que futuramente serão responsáveis por debater o tema da violência em suas escolas e comunidades; encontros com pais; pesquisa para traçar o perfil da escola diante da temática violência; seminário conclusivo, com proposições; articulação da rede de atenção à criança e ao adolescente, identificando e reunindo as pessoas envolvidas com o problema no município. 

"Mas nossa intenção é propor esta intervenção em caráter regional ou estadual, pois consideramos que as escolas são ambientes prioritários e privilegiados quando pensamos em prevenção e proteção das crianças", enfatiza a psicóloga.
cedecaproame@zaz.com.br - tel.: (51)592-1689/4553
Relatório Mundial sobre Violência e Saúde (em inglês):
http://www5.who.int/violence_injury_prevention/main.cfm?p=0000000117

lerler
  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca