ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • ALOP
informes - ABONG

20610/10/2002 a 16/10/2002

Mulheres e "minorias" nas eleições 2002

A bancada feminina no Congresso Nacional agora está maior. Nas eleições deste ano, foram eleitas 42 mulheres deputadas federais (8,2% das cadeiras da Câmara). Isso significa um crescimento de 45% em relação a 1998, quando se elegeram 29 deputadas (5,6% do total). Como senadoras, elegeram-se oito novas candidatas e duas darão continuidade a seus mandatos (12,3% do total). No âmbito do Executivo, a nova governadora do Rio de Janeiro elegeu-se no primeiro turno e quatro outras candidatas disputarão o segundo turno em seus Estados.

A apuração é do Centro Feminista de Estudos e Assessoria - CFEMEA, ONG cujo traço característico é o trabalho desenvolvido no Congresso Nacional, onde monitora as proposições legislativas e assessora parlamentares nas questões de eqüidade de gênero e de defesa dos direitos das mulheres. Desde 1993, o CFEMEA está credenciado pelas Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal para o acompanhamento do processo legislativo.

Conforme Almira Rodrigues, assessora técnica e diretora colegiada do CFEMEA, "o resultado das eleições foi muito positivo e gratificante, pelo fato de essas mulheres serem reconhecidas e valorizadas. Isso, apesar de ainda estarmos muito aquém das cotas e de vermos como continua difícil as mulheres entrarem num território ainda prioritariamente masculino. Mas temos que comemorar!" Ela relembra que, no pleito de 1998, 18 Estados e sete partidos elegeram mulheres; agora, foram 22 Estados e 11 partidos. O PT liderou o número de cadeiras conquistadas pelas mulheres na Câmara, elegendo 14 deputadas - em 1998, foram eleitas cinco. 

De outro lado, os levantamentos do Conselho Indigenista Missionário (Cimi/Brasília) apontam que nenhum candidato indígena conseguiu se eleger, conforme Marcos Rufino do Instituto Socioambiental (ISA). E até o presente momento, não foi divulgada a colocação de negr@s nas eleições de 2002.
cfemea@cfemea.org.br - www.cfemea.org.br
www.socioambiental.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Programa de Desenvolvimento Institucional (PDI)

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca