ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Petrobras
  • REDES

    • MCCE
informes - ABONG

19815/08/2002 a 21/08/2002

Notas

Instituto Sociocultural Brasil-Alemanha lança site

No ar desde o dia 18 de julho, o www.eixos.org.br, um projeto do Instituto Sociocultural Brasil-Alemanha - instituição sem fins lucrativos, vinculada à Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo -, tem como objetivo estreitar as relações entre os principais atores sociais do País. Assim, o site funciona como um canal de comunicação entre empresas, organizações da sociedade civil e governamentais, divulgando iniciativas, experiências, parcerias e oportunidades de captação de recursos para ações na área social. Também faz parte do projeto uma publicação, a ser lançada em novembro, contendo dados estatísticos do investimento alemão (público e privado) em projetos sociais, cases de empresas e artigos de especialistas do Terceiro Setor. Mais informações pelo projetos@ahkbrasil.com.

 

I Quinzena de Resistência Contra o Deserto Verde

A Rede Alerta Contra o Deserto Verde está organizando, desde o dia 1º de agosto, a I Quinzena de Resistência Contra o Deserto Verde, com manifestações, palestras, exibição de vídeos e divulgação de materiais no Espírito Santo, Rio de Janeiro e sul da Bahia, denunciando os impactos socioambientais causados pela empresa Aracruz Celulose. Vão ser 15 dias de manifestações contra as ações arbitrárias da empresa que causam danos ao meio-ambiente e promovem a exclusão de populações indígenas, pequenos agricultores, comunidades rurais negras, entre outros. Informações sobre a programação pelo telefone (27) 3322-6313 ou pelo e-mail fasees@terra.com.br.

 

Católicas pedem ao Papa reforma da Igreja

A organização não-governamental Católicas pelo Direito de Decidir - CDD enviou uma carta ao Papa João Paulo II pedindo uma reforma da Igreja Católica que responda às demandas do povo e promova a defesa dos direitos humanos. As católicas propõem a democratização interna das estruturas eclesiais; a participação das igrejas locais na eleição de bispos; a incorporação das mulheres nas lideranças da Igreja; e a prestação de contas da autoridade eclesial não só diante da comunidade católica, mas também diante das organizações nacionais e internacionais defensoras dos direitos humanos. Solicitam também ao Papa a criação de um órgão civil e eclesial que promova os direitos humanos dentro da própria comunidade católica e reivindicam o respeito à liberdade de consciência das mulheres e a defesa de sua saúde e dos direitos reprodutivos, avaliados pelas conferências internacionais da ONU. No documento também há o pedido que a Igreja deixe de condenar as mulheres que utilizam anticoncepcionais, as lésbicas e as que enfrentam problemas como o aborto, a eutanásia, o divórcio e o HIV/Aids. Católicas pelo Direito de Decidir - CDD, telefone (11) 3107-9038, site: cddbr.cjb.net.

 

ISA lança livros

O Instituto Socioambiental - ISA lançou, no dia 6 de agosto, em Brasília, dois livros voltados para o esclarecimento de questões importantes da ecologia nacional: "O Direito para o Brasil Socioambiental" e "Seria melhor mandar ladrilhar? - Biodiversidade: como, para quê, por quê". O primeiro é uma coletânea de artigos com interpretações dos direitos culturais, ambientais e sociais previstos na Constituição, e é voltado para um público especializado em Direito. O outro, "Seria melhor mandar ladrilhar? - Biodiversidade: como, para que, por quê", reúne 22 textos que analisam a importância da diversidade biológica e como ela influencia diretamente na vida das pessoas. As publicações podem ser adquiridas por meio do site do ISA (www.socioambiental.org).

 

Rede GTA lança hoje manifesto "Pelo Futuro da Amazônia"

A Rede GTA - Grupo de Trabalho Amazônico lança hoje, às 20 horas, no SESC Pompéia, São Paulo, os trabalhos relativos à Rio + 10, do Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais, entre os quais está o manifesto "Pelo Futuro da Amazônia". O Manifesto é resultado da campanha "Amazônia na Rio + 10", desenvolvida pela Rede GTA com o apoio da agência de cooperação alemã GTZ.


Entre os compromissos assumidos por governantes de vários países, em 1992, um dos principais trata da participação social como elemento básico para a conservação do meio ambiente. Segundo o Manifesto, na Amazônia Brasileira os direitos das comunidades (castanheiros, povos indígenas, seringueiros, quebradeiras de coco babaçu, ribeirinhos, pescadores, agricultores familiares etc.) ainda não são respeitados, e elas passam por problemas como violência, falta de posse da terra e ausência de políticas de desenvolvimento local. GTA - Grupo de Trabalho Amazônico Tel.(061) 346-7048 - www.gta.org.br.

lerler
  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca