ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • FIP
informes - ABONG

18225/04/2002 a 8/05/2002

Pesquisa ABONG: cresce o volume de trabalhos das ONGs

O reconhecimento da importância do trabalho desenvolvido pelas ONGs tem seu paradoxo: o aumento do volume de trabalho, não acompanhado por um imediato aumento da equipe. Segundo a pesquisa realizada pela Abong, essa é a principal dificuldade apontada por 67,35% das associadas (ver tabela), seguida pelas dificuldades financeiras (59,18%). O aumento da demanda está relacionado tanto à maior visibilidade das ONGs quanto às dificuldades em manter equipes permanentes de trabalho em virtude das dificuldades financeiras. 

Como alternativa para compor suas equipes, as ONGs têm recorrido muitas vezes à contratação temporária sob a forma de prestação de serviços autônomos ou, ainda, a estagiários. Outras estratégias empregadas incluem, principalmente, a negociação de projetos e captação de recursos e a reorganização institucional com planejamento das atividades.


Capacitação institucional

Em relação ao desenvolvimento institucional, as principais necessidades apontadas pelas associadas Abong giram em torno da capacitação em quatro conjuntos: captação de recursos, envolvendo temas relacionados com a formulação de planos e estratégias, a definição de modalidades de captação, a identificação de fontes alternativas, a profissionalização dessa atividade no interior da organização etc.; gestão, que inclui temas relacionados à contabilidade, gestão de recursos humanos, prestação de contas e legislação trabalhista; legislação aplicável às ONGs, que incorpora assuntos como o Marco Legal/ Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e a elaboração/funcionamento de convênios; e Planejamento, Monitoramento e Avaliação (PMA), que inclui o conhecimento/desenvolvimento de metodologias específicas para a definição de indicadores, técnicas de monitoramento e estratégias para a sistematização de experiências.

 

Principal dificuldade das ONGs %

Aumento da demanda / volume de trabalho: 67,35

Financeira: 59,18

Falta de pessoal: 37,76

Falta de infra-estrutura: 20,92

Incapacidade de obter novos recursos: 20,41

Baixa qualificação da equipe: 8,67

NS/NR*: 5,10

 

Base 196  – respostas múltiplas

*Não sabe/não respondeu

lerler
  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca