ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • Plataforma MROSC
informes - ABONG

14916/08/2001 a 22/08/2001

ABONG participa do Primeiro Encontro Internacional de Movimentos Sociais

Identificar os atores da mundialização liberal, avaliar as ações e experiências de luta e resistência contra a globalização da injustiça realizadas nos últimos dois anos e propor uma agenda comum até o próximo Fórum Social Mundial, em Porto Alegre (RS), foram os principais objetivos do I Encontro Internacional de Movimentos Sociais, realizado na Cidade do México, entre os dias 12 e 14 de agosto. Mais de 250 representantes de movimentos de 38 países e quatro continentes participaram da reunião, entre eles, Sérgio Haddad, presidente da Abong. 

Organizado por iniciativa do Attac-França, CUT, Focus on the Global South e Via Campesina, o encontro procurou também discutir como o movimento de resistência pode avançar com um grau maior de convergência, coordenação e eficácia em sua ação global. 

Nas intervenções, destacou-se que a ofensiva neoliberal continua a avançar, apesar de enfrentar dificuldades como a crise do modelo de desenvolvimento dos países de periferia e de privatizações, instabilidade financeira e redução do crescimento e recessão. Frente às mobilizações crescentes dos movimentos sociais, algumas das estratégias adotadas pela mundialização liberal são: o aumento da repressão local e internacional (como em Gotenburgo e Gênova), a folclorização do movimento anti-globalização liberal e a incorporação do discurso e do vocabulário dos movimentos de contestação.

O documento de convocatória do encontro destaca a necessidade dos movimentos em todo o mundo organizarem uma mobilização conjunta em torno de vários encontros que estarão ocorrendo até o início de 2002. Outra ação prevista é a organização de plebiscitos populares em todos os países do continente americano em 2002 sobre a implantação ou não do Acordo de Livre Comércio das Américas (Alca). 

Organizar ações internacionais que respondam a uma agenda própria, permitindo avançar em formas mais permanentes e eficazes de coordenação do movimento global, foi um dos objetivos da reunião. Os participantes apontaram o Fórum Social Mundial (FSM) como esse espaço de intercâmbio e de coordenação. Entre as propostas de ações apresentadas estão a luta contra a OMC, a organização de boicotes contra as multinacionais, a sistematização dos discursos contraditórios dos líderes globais e o estabelecimento de consultas sobre reivindicações e demandas locais.

Uma segunda edição do Encontro Internacional de Movimentos Sociais, com o objetivo de avançar no processo de convergência, deve acontecer no final de janeiro de 2002, por ocasião do FSM, em Porto Alegre (RS).


A íntegra da convocatória do encontro pode ser acessada no site da Abong: www.abong.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Observatório da Sociedade Civil

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca