ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Pão Para o Mundo
  • REDES

    • TTF Brasil
informes - ABONG

1472/08/2001 a 8/08/2001

IV Festival MIAC acontece em Salvador

Cerca de duas mil pessoas participam nos dias 3, 4 e 5 de agosto, em Salvador, do IV Festival MIAC - Movimento Intercâmbio Artístico e Cultural pela Cidadania - O Adolescente e a Arte pelos Direitos Humanos. Com o lema "Vamos contar outra história!", o festival procura relacionar o universo infantil e a transformação social. A cultura popular nordestina pauta todas as atividades, que incluem oficinas, debates e aulas-espetáculos. 

Entre as novidades deste ano estão as oficinas de Cultura Infantil, dirigidas para cerca de 250 crianças que participam pela primeira vez do festival. Elas abrangem desde a leitura de estórias e poesias infantis até a pintura de muro. Para os adolescentes, há oficinas de arte, comunicação e produção cultural. Paralelamente, acontecerão no sábado debates em grupos temáticos sobre Políticas Públicas na área de infância e adolescência, Educação Formal e Educação Popular. Uma mesa-redonda discutirá a questão da Sustentabilidade dos Movimentos Sociais. 

O festival foi idealizado pelo Centro de Referência Integral de Adolescentes (Cria), ONG associada à Abong, e uma das integrantes do MIAC, movimento formado por 200 instituições - ONGs, escolas, órgãos governamentais, centros de saúde, associações comunitárias, grupos culturais e outros - que articula instituições e indivíduos na luta pelos direitos de crianças e adolescentes.

Durante todo o encontro, os participantes estarão refletindo sobre os direitos das crianças e apontando caminhos para melhorar sua situação na Bahia e no Brasil. Na tarde de sábado, acontece o Cortejo Cênico Vamos Contar Outra História! Durante a atividade, será distribuído um manifesto contra a redução da idade penal e reforçando a necessidade de medidas sócio-educativas para crianças e adolescentes em conflito com a lei. 

O Festival é patrocinado pela Maxitel e conta com o apoio do Pommar/Usaid, Unicef, Instituto WCF-Brasil, Instituto Ayrton Senna, Fundação MacArthur, Fundação Ford, Fundação Odebrecht, Secretaria Municipal de Educação e Cultura, Cese, OAF, Fundac, Fundação Cultural do Estado da Bahia, Audium Engenharia, Cantina do Vale, Vega e COT.


Espaço de intervenção

Cláudia Vasconcelos, secretária-executiva do Miac, explica que o fato que deu origem à proposta do festival foi uma agressão policial sofrida por um dos jovens atendidos pelo Cria em 1997, que levou a instituição a se questionar sobre seu papel social. "A partir daí, convidamos outras instituições e apresentamos uma peça como provocação". O debate deu origem ao Projeto de Intercâmbio Artístico e Cultural, uma série de atividades e ações visando a troca de produtos artísticos. "O I festival aconteceu em 1998 e, após uma ampla discussão, percebemos que não era mais um projeto, mas um movimento pela cidadania", destaca Cláudia. 

O MIAC organiza-se regionalmente, produzindo ações focadas na realidade de cada local (bairro/município), através de grupos denominados Núcleos Regionais. Além de divulgar o trabalho realizado pelas entidades que integram o MIAC e provocar a discussão sobre os temas emergentes, o festival tem como objetivo mobilizar novos parceiros e sensibilizar a população do seu compromisso com a infância. 
CRIA - Tel. (71) 322-1334

lerler
  • PROJETOS

    • Observatório da Sociedade Civil

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca