ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • ALOP
informes - ABONG

1381°/06/2001 a 6/06/2001

Fórum das ONGs da Amazônia debate desenvolvimento

Em reunião no dia 29 de maio, várias organizações filiadas à Abong, ao Fórum da Amazônia Oriental (Faor) e à Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri), além de representantes de partidos políticos de oposição, decidiram realizar no próximo dia 11 de junho, na sede da Fase, encontro para elaborar um planejamento estratégico de enfrentamento ao programa de desenvolvimento da Amazônia colocado em ação pelo governo federal. No centro da discussão, está o novo ciclo de grandes projetos, inseridos no plano Avança Brasil: a Hidrovia Araguaia-Tocantins, a Hidroelétrica de Belo Monte, a Alça Viária, o Projeto Sivam, entre outros. Os participantes da reunião destacaram que, além de o governo planejar o desenvolvimento da região sem nenhuma consulta à população local, a experiência de grandes projetos, como aqueles desenvolvidos na década de 70, só trouxe desmatamento e destruição.

Segundo Aldalice Otterloo (Unipop/PA), diretora regional da Abong, a reunião vai procurar sistematizar em um texto as diversas manifestações contrárias a esses projetos. O objetivo é explicitar a lógica da estratégia do governo federal e seus aliados de maneira a mostrar para a sociedade e para os grupos diretamente atingidos o significado de cada projeto e suas possíveis conseqüências. Aldalice destaca que a iniciativa também é uma preparação para a II Conferência da Amazônia, que acontecerá em setembro, no Amapá.


Observatório da Cidadania

A Abong, em conjunto com o Faor, o Movimento Nacional dos Direitos Humanos (MNDH) e o Processo de Articulação e Diálogo (PAD), prepara também uma oficina a ser realizada nos dias 18 e 19 de junho, das 9 às 18 horas, em local ainda a ser definido, para debater os Direitos Humanos Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais (DHESCA). A iniciativa fundamentará a construção do próximo Observatório da Cidadania. Para as ONGs participantes, o DHESCA responde de forma mais concreta à análise sobre desenvolvimento e sustentabilidade na Amazônia. O objetivo da oficina é ampliar a discussão, incluindo representantes de outros Estados da Amazônia e de outras micro-regiões do Pará, além de se buscar articular o rural e o urbano.


Congresso da Cidade

No dia 25 de junho, será realizada no auditório do Museu Goeldi uma Assembléia Setorial das ONGs de Belém, em torno do tema "Direito à Cidade: Participação Políticas das ONGs". A iniciativa é preparatória ao Congresso da Cidade, proposto pela prefeitura de Belém para ampliar a experiência do Orçamento Participativo. O desafio é elaborar um conjunto de propostas alternativas de políticas públicas para a cidade baseadas na experiências das ONGs. O eixo mobilizador da discussão será a relação poder público/controle social e as concepções de parceria nessa relação. No próximo dia 7, as entidades de Belém reúnem-se às 15 horas, na sede do CAC (rua D. Romualdo de Seixas, 1905, altos), para elaborar o documento de base da Assembléia.


Fórum Amazônia

- (91) 224- 9074

lerler
  • PROJETOS

    • Observatório da Sociedade Civil

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca