ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • FIP
informes - ABONG

110outubro de 2000

Anistia Internacional afirma importância da ação no Brasil

O alto índice de violação dos direitos humanos registrado no Brasil coloca o país entre as prioridades para a atuação da ONG Anistia Internacional. A informação foi transmitida por Sergio Zamorano, coordenador de Desenvolvimento-América Latina da entidade, que visitou a sede da ABONG no último dia 9 de outubro, em companhia de Patrícia Roguet , da coordenação da Anistia-Brasil.

Entre os principais problemas citados por Zamorano estão os abusos contra crianças e adolescentes, impunidade, abusos cometidos por policiais e violência doméstica. O Brasil também é considerado prioridade para a Anistia Internacional em virtude da liderança e influência que exerce junto aos demais países da América Latina.

A Anistia Internacional monitora a violação dos direitos humanos a partir da atuação de uma equipe de pesquisadores sediada em Londres, que coleta dados junto a organizações de todo o mundo, e também através de pesquisas locais junto a vítimas e parentes de vítimas. As informações são processadas e semanalmente são produzidos relatórios com denúncias. Nos próximos dias a entidade deverá finalizar um relatório sobre as violações dos direitos humanos verificadas no sistema Febem, de São Paulo.

Além da produção de informações, a Anistia Internacional desenvolve programas de educação em direitos humanos e apoio às pessoas e organizações que atuam na área.


Anistia Brasil

Atuando no Brasil desde 1981, a Anistia Internacional está reorganizando a atuação de seu escritório local, buscando estabelecer parcerias com as ONGs que atuam na área. A idéia é definir a missão da ONG no País, não repetindo o trabalho já realizado por outras instituições. Dentro de três meses a entidade deverá finalizar seu plano de ação no Brasil para os próximos cinco anos.


A Anistia possui 1 milhão de membros (pessoas físicas) em todo o mundo e 900 no Brasil. Para associar-se à ONG ou obter mais informações sobre o trabalho, entrar em contato pelo telefone (51) 219-1077 ou e.mail: anistia@anistia.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca