ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • MCCE
informes - ABONG

84abril de 2000

Projeto forma atletas cidadãos no Vitória, na Bahia

Mais 30 adolescentes da Divisão de Base do Esporte Clube Vitória da Bahia iniciaram este mês a segunda etapa do Curso de Formação em Cidadania, que faz parte do projeto "Vitória, Futebol e Cidadania". O curso é fruto de uma parceria do clube com o Unicef - Fundo das Nações Unidas para a Infância e tem apoio do Cecup - Centro de Educação e Cultura Popular/BA e da Faculdade de Educação da UFBA - Universidade Federal da Bahia.

A primeira etapa do curso aconteceu nos meses de outubro e novembro de 1999 e formou 25 jovens. O projeto leva para as divisões de base do clube baiano aulas sobre Direitos Humanos, Relações Humanas, Comportamento Social, Ética e Cidadania, Relações de Gênero, Etnia, Sexualidade e Prevenção de DSTs/Aids, Economia, Drogas, Violência, Globalização, Comunicação Social e Inglês Básico.

Cada parceiro nesta missão está contribuindo ao seu modo para a formação de atletas cidadãos. O Unicef interessou-se pelo bom rendimento e pela visibilidade do Vitória, que tem um reconhecido trabalho de formação de atletas nas divisões de base. Para operacionalizar a proposta do curso, entrou em contato com o Cecup, instituição que possui vasta experiência no trabalho com crianças, adolescentes e jovens.

Juntas, as entidades propuseram um projeto para a realização de trabalhos aliando a formação de atletas e cidadãos, que pudessem dar goleadas, tanto dentro de campo, como jogadores exemplares, como fora dele, como modelos de cidadãos, exercendo assim, a cidadania de maneira integral.

Estabelecido o objetivo de desenvolver este projeto, encontrou-se na parceria com a UFBA o caminho ideal para sua execução. A Faculdade de Educação contribuiu com seu corpo docente para oferecer aulas com profissionais especializados, como sociólogos, médicos, educadores, advogados, psicólogos, economistas e jornalistas. Na faculdade, os jovens também puderam assistir a palestras, vídeos e exposições, participar de oficinas e receber material didático, como livros e apostilas, para discussão em grupos, bem como de material ilustrativo, como jornais e revistas, para oferecer uma visão mais apurada da atualidade aos jogadores.

Até agora, o balanço foi positivo. Para os atletas, o curso representa uma possibilidade de educação complementar importante, já que muitos não conseguem se tornar profissionais. Para os idealizadores, uma compensação de que, se estes jovens não forem profissionais da bola, serão cidadãos e construirão uma vida pessoal mais sólida, com possibilidade de ser tornarem líderes no próprio meio esportivo. Por isso, o Clube e seus parceiros pretendem estender esta iniciativa pioneira para outras divisões do Vitória. O projeto serviria como modelo a ser seguido para outros clubes da Bahia, do Brasil e até de outros países.
CECUP/BA: (71) 322-0412/ 321-2604; E-mail: cecup@itp.com.br

lerler
  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca