ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • Plataforma MROSC
informes - ABONG

72dezembro de 1999

Notas

Vitória das ONGs

Na noite do último dia 7, a Comissão Mista do Congresso decidiu adiar para março a votação do texto do novo Código Florestal. A decisão acatou a pressão das 189 organizações da sociedade civil que apoiaram a campanha "SOS Florestas", coordenada pelo ISA e WWF. Além do adiamento, ficou estabelecido que a revisão do Código Florestal volta agora para a Câmara Técnica do Conama, que deverá apresentar seu parecer até fevereiro.

 

Para as ONGs que acompanham este processo, "a polêmica em torno da revisão do Código Florestal reflete uma divisão dentro do próprio governo: de um lado, a Casa Civil e o Ministério da Agricultura, dando apoio à proposta dos ruralistas, e do outro, o Ministério do Meio Ambiente e da Reforma Agrária, já que a proposta, se aprovada, além dos impactos ambientais, tornaria os processos de desapropriação para a reforma agrária 30% mais caros, em média, favorecendo os proprietários de terras improdutivas".


Violência policial

O Centro de Articulação de Populações Marginalizadas - Ceap/RJ disponibilizou em seu site (www.alternex.com.br/~ceap), a publicação "Direitos Humanos X Violência Policial", que traz casos exemplares e artigos mais gerais sobre o tema. A publicação foi feita em parceria com a Fundação Bento Rubião (RJ), Movimento Nacional de Direitos Humanos e IBISS. Ceap - (21) 509-6771; (21) 509-2700; E-mail: ceap@ax.apc.org


Cidade Deficiente

O Vida Brasil! (BA), em parceria com o Conselho Municipal de Portadores de Deficiência de Salvador - COMDEF, e a Comissão Civil de Acessibilidade, realizaram no último dia 3, Dia Internacional da Pessoa Portadora de Deficiência, o 3º Seminário "Salvador, uma cidade deficiente?". Na ocasião foram divulgados dos dados de uma pesquisa sobre o nível de acessibilidade da capital baiana. Realizada com apoio do Banco Mundial, a pesquisa foi feita por técnicos e pessoas portadoras de deficiência, que visitaram 250 locais, entre praças, parques e jardins, estabelecimentos comerciais, bancos, órgãos públicos, espaços culturais, templos etc. Os resultados demonstram o descaso para com o direito ao acesso. Nas 20 principais vias da cidade, por exemplo, dos 570 telefones públicos contabilizados, apenas um era rebaixado, e não foi encontrado nenhum semáforo sonorizado.


Informações educacionais

Acontece no próximo dia 15, em São Paulo, o seminário "Disseminação de Informações Educacionais no Brasil", organizado pelo Comitê dos Produtores de Informação em Educação, órgão assessor do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais/MEC, integrado por ONGs da área de Educação.
Informações: (11) 852-8311/852-8113; E-mail: info@cenpec.org.br


ActionAid contrata

A ActionAid, agência não-governamental do Reino Unido, com escritório no Rio de Janeiro, está contratando dois profissionais para os cargos de oficial de projetos de campo e articulador de campanhas. Os curriculuns devem ser enviados até 4 de janeiro para a sede da instituição no Brasil.


ActionAid - Rua Corcovado, 252, Jd. Botânico. Fone: (21) 540-5707; Fax: (21) 540-5841; E-mail: aaidbr@ibm.net


Informes ABONG

Com o objetivo de aprimorar a qualidade de Informes ABONG, estamos distribuindo anexo a esta edição um questionário de pesquisa para conhecer a opinião do leitor sobre este informativo e receber sugestões. Durante o mês de janeiro Informes ABONG não circulará, retornando em fevereiro, já com as alterações propostas na pesquisa e outras, já em andamento, referentes ao seu projeto gráfico. Assim, pedimos que respondam à pesquisa e enviem para o E-mail comunica@abong.org.br até 14/12. Aguardamos sua resposta!

lerler
  • PROJETOS

    • Fórum Social Mundial

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca