ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • Plebiscito Constituinte
informes - ABONG

66outubro de 1999

A casa da cidadania para adolescentes

Trazido à tona mais uma vez pela publicização do caos que é a Febem de São Paulo, o debate em torno de ações para o atendimento de crianças e adolescentes em situação de risco vem valorizando iniciativas da sociedade civil.  Dentre estas iniciativas está a do Centro Brasileiro da Criança e do Adolescente, ou Casa de Passagem (PE), como é mais conhecida esta organização, que, fundada em 1989, atende, anualmente centenas de adolescentes.


Criada para apoiar meninas em situação de risco e abandono, em 1994 a Casa de Passagem redirecionou suas atividades, ampliando seu público-alvo, passando a oferecer iniciação profissional a adolescentes, homens e mulheres, e capacitação para formação de lideranças para mulheres pobres.


Atualmente, a Casa de Passagem está organizada em três núcleos, localizados no Recife: Centro de Reestruturação da Identidade – Centru; Centro de Capacitação e Assessoria a Comunidades – Centac; e Centro e Iniciação ao Trabalho –Centit.


As meninas

Fiel às origens da Casa, o Centru  atende meninas de 7 a 17 anos expostas a situações de risco ou abando, como vítimas de violência, abuso e exploração sexual, usuárias de drogas, em risco de morte violenta etc. O trabalho deste núcleo tem por objetivo reestruturar a identidade de meninas através do cuidado com a saúde; acompanhamento pedagógico; lazer e cultura; atendimento psicológico e apoio às famílias.


Este programa faz anualmente 200 atendimentos “pontuais”, ou seja, de meninas que o freqüentam esporadicamente; e de outras 80 que participam regularmente das atividades desenvolvidas.


Como principais resultados alcançados com o trabalho, são apontados o reingresso à escola; baixa evasão escolar; índice de aprovação escolar superior à média da cidade; reconhecimento e valorização da identidade, além de vínculos familiares mais sadios.


Lideranças comunitárias

A partir da capacitação de adolescentes, homens e mulheres, e de mulheres adultas, o Centac atua no sentido de desenvolver a convivência comunitária e o exercício da cidadania. A assessoria a grupos comunitários na elaboração de propostas e desenvolvimento de práticas para o fortalecimento de sua cidadania também é parte do trabalho deste programa que, anualmente, forma, em média, 30 lideranças mulheres adultas, e 150 Adolescentes Multiplicadores de Informação.


Trabalho

A “iniciação ao trabalho” oferecida pela Casa atende adolescentes, homens e mulheres, de 14 a 20 anos, também em situação de risco. São oferecidos cursos profissionalizantes e incentivo à produção e comercialização de produtos. A partir dessas atividades, o Centit tem desenvolvido a qualificação profissional inicial dos adolescentes e funcionado como incubadora de projetos de sustentabilidade para os envolvidos.Casa de Passagem (PE) – (81) 423-3839; Fax: (81) 231-1449; E.mail: raquel@elogica.com.br ; Site:www.elogica.com.br/passagem

lerler
  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca