ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • MCCE
informes - ABONG

31/07/2007 a 13/08/2007

Fórum de mulheres lança dez pautas de lutas

Também em 5 de agosto, o Fórum de Lutas das Mulheres por Outro Desenvolvimento no Nordeste, convocado pela Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB) e por integrantes do Fórum Paralelo e Itinerante da Previdência Social (Fipps), reuniu mais de 80 representações do movimento feminista e de mulheres do Nordeste – muitas militantes também em outros movimentos.

O debate foi organizado em dois momentos: inicialmente, foram feitas as apresentações sobre as várias pautas de lutas e enfrentamentos que estão em curso no movimento feminista e de mulheres, bem como em outros movimentos sociais, nos quais as questões dizem respeito às mulheres; a seguir, foram discutidas as problemáticas e fechadas as pautas unitárias das mulheres para o Dia de Mobilização e Ação Global, que se dará no âmbito do processo do Fórum Social Mundial, em 26 de janeiro de 2008.

Sob a coordenação de Silvia Camurça, da secretaria executiva da AMB, foram indicadas pelo Fórum dez pautas, em torno das quais as mulheres já têm agendas de lutas e irão articular ações comuns. São elas:

1. Combate ao racismo, aliado a propostas de políticas públicas afirmativas.
2. Todas as formas de violência contra a mulher – incluindo tráfico de pessoas e o aborto.
3. Aborto, especificamente.
4. Luta contra a pobreza.
5. Os diversos tipos de mercantilização – das mulheres, da vida, dos recursos naturais, dos serviços públicos.
6. Democratização da comunicação.
7. Paridade na participação política.
8. Integração Regional.
9. Cidades – e questões como as de titularidade da propriedade das habitações, saneamento básico, entre outras.
10. Trabalho – falta de proteção social do trabalho das mulheres.

Foi formada uma lista com as representações presentes, para a qual serão enviados documentos, informadas todas as agendas, reforçadas as mobilizações, tanto em suas datas específicas quanto para o Dia de Mobilização e Ação Global.

O Fórum de Lutas das Mulheres também contou com a participação de uma representante do movimento de mulheres de Portugal, que relatou qual foi a estratégia deste movimento para avançar na conquista dos direitos em relação ao aborto, que foi recentemente legalizado naquele país. Durante o encontro, também circulou um abaixo-assinado contra a transposição do Rio São Francisco.

“É muito importante que o II FSNE tenha no dia de hoje o marco de mobilização e ação das mulheres para a construção do dia 26 de janeiro de 2008, porque as áreas mais pobres ficam ainda piores com a globalização”, destacou Silvia. “É também muito importante que o Nordeste não seja visto somente como o lugar das pessoas carentes e excluídas, mas de sujeitos políticos que têm movimento, que lutam, que têm o que dizer, que vão para a rua com o restante do mundo.”

Saiba mais: www.articulacaodemulheres.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Programa de Desenvolvimento Institucional (PDI)

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca