ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • Plataforma Reforma Política
informes - ABONG

24/07/2007 a 30/07/2007

Regionais ABONG no Nordeste mobilizam para o II FSNE

Os três Regionais da Abong sediados no Nordeste brasileiro estão a todo o vapor em processos de mobilização de movimentos e organizações para o II Fórum Social Nordestino. Na Paraíba, o Regional Abong Nordeste 1, por meio da ONG Cunhã Coletivo Feminista – integrante da direção colegiada regional –, participou, em 23 de julho, do lançamento do Comitê Estadual, do qual participaram 65 representantes de diversos movimentos e organizações do Estado. Conforme Ana Cristina Lima, da coordenação da ONG, foram realizadas três rodas de diálogo com os temas: Reforma do Sistema Político; Desenvolvimento e justiça ambiental; e Direitos Humanos e respeito à diversidade. “Em 30 de julho, também faremos outra atividade preparatória ao FSNE: uma roda de diálogo sobre a Transposição do Rio São Francisco.”

O Regional Abong Nordeste 2, por meio das suas associadas em Sergipe, participou ativamente do Comitê Estadual de Mobilização para o II FSNE. Em 20 de julho, o Seminário Preparatório para o Fórum Social Nordestino foi coordenado pelo Centro Sergipano de Educação Popular (Cesep) e pelo Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC), com a colaboração de movimentos sociais populares, parlamentares e de outras ONGs do Estado. O encontro, do qual participaram cerca de cem representações, teve como proposta condensar um diálogo entre os movimentos sociais e o governo. Além disso, o Seminário dedicou um momento para lançar para as entidades sergipanas a proposta de realizar no Estado o I Fórum Social Sergipano. Um dos integrantes da diretoria regional colegiada da Abong NE2 e da Comissão de Divulgação e Comunicação do II FSNE, Damien Hazard, esteve na mesa de abertura.


Caravana

De acordo com Patrick Oliveira, coordenador geral de Vida Brasil – Unidade Fortaleza, o Regional Abong Nordeste 3 está envolvido com um grande trabalho de mobilização, organização de uma caravana para o II FSNE e da captação de recursos para a delegação cearense. “Além de Vida Brasil, Esplar e IJC, associadas à Abong, estão na organização deste processo, juntamente com movimentos sociais e outras entidades do Ceará”, informa. O Regional também esteve à frente, no Ceará, da organização do Seminário de lançamento do Fórum Social Nordestino no Estado, ocorrido em 26 de junho, com a participação de 140 representações. O objetivo do encontro foi apresentar a metodologia e os princípios do II FSNE para a sociedade, bem como buscar parcerias. E em 20 julho, um outro debate marcou a mobilização cearense para o II FSNE: para debater com a sociedade os temas que serão pautados pelos diversos movimentos do Ceará no Fórum, foi realizado o Seminário Desafios dos Ceará para que um outro Nordeste seja possível.


Atividades

O Regional Abong Nordeste 2 também realizará, em conjunto com outras organizações, atividades no II FSNE. A coordenadora executiva da ONG ELO – Ligação e Organização (BA), conselheira do Grupo Ambientalista da Bahia e uma das diretoras do Regional NE2, Fátima Nascimento, conta que serão duas oficinas: a primeira, proposta pelo ELO, Regional Abong NE2, Colivre e Onda Digital, tem como tema Inclusão social + inclusão digital – como o movimento social poderá interagir com o movimento software livre para a discussão de projetos e políticas públicas. “Um dos temas é sobre o custo da banda larga, pouco disponível e cara. Então, se queremos mesmo falar em inclusão, temos também que lutar pela ampliação do acesso não apenas às maquinas e aos programas, mas pela melhoria e redução do custo do serviço de telefonia.”

A segunda oficina, promovida também pelo Regional Nordeste 2 e ELO, em parceria com outra associada, o Serviço de Assessoria a Organizações Populares Rurais (Sasop), e com o Mestrado de Políticas Sociais e Cidadania/UCSal, discutirá Conselhos de gestão na Bahia: limites e possibilidades de participação popular. “Esta é uma proposta antiga da Abong NE2, que visa a fazer um balanço da presença das filiadas nesses espaços. As ONGS estaduais têm presença em conselhos desde a década de 1990, mas tal presença ressente-se dos limites que tais espaços têm tido enquanto propositores e fiscalizadores de políticas públicas.”

ler
  • PROJETOS

    • Agenda 2030

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca