ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • Fórum Social Mundial
informes - ABONG

49420/12/2011 a 02/02/2012

OSCs Brasileiras envolvidas na cooperação internacional: agenda Pré e Pós Busan

No dia 24 de outubro passado, a Abong, com apoio do Articulação SUL, organizou uma reunião de entidades interessadas no tema da cooperação internacional. Estiveram presentes representantes da Abong,  ActionAid Brasil, Articulação SUL, Cebrap, Cfemea, Fase, Gife, Idecri e Instituto Polis. O Inesc e o Ibase também se envolveram à distância na discussão e assinaram a Declaração.

 

O grupo analisou aspectos em jogo nas negociações rumo ao 4º Fórum de Alto Nível sobre a Eficácia da Ajuda (FAN4), em Busan. A partir dos debates, os posicionamentos foram sistematizados na Declaração encaminhada à delegação oficial brasileira, chefiada pelo Diretor da Agência Brasileira de Cooperação, Ministro Marco Farani, e compartilhada com outras delegações da sociedade civil em Busan. Na declaração, as entidades defendem a superação da concepção tecnocrática de eficácia da ajuda, que animara as discussões até então, por uma concepção de cooperação para o desenvolvimento, onde também esteja em pauta o modelo de desenvolvimento: não apenas crescimento econômico, mas ampliação das possibilidades humanas, com justiça social e ambiental. Reclamam também uma maior participação da sociedade civil na cooperação internacional do Brasil, tanto como país doador como receptor, com maior publicização das atividades governamentais nesse campo. Incentivam o engajamento do governo brasileiro no desenho de uma nova arquitetura de governança global da cooperação internacional para o desenvolvimento.  Leia versões em português e inglês da Declaração de Organizações da Sociedade Civil Brasileira sobre a Cooperação Internacional e a Eficácia do Desenvolvimento.

 

A delegação de sociedade civil brasileira agendou uma reunião com a delegação oficial em Busan, inviabilizada por problemas de atraso nos vôos. O Diretor da ABC, entretanto, se comprometeu a agendar um encontro no Brasil, para que se possa dialogar sobre as demandas expressas na declaração. Segundo Vera Masagao Ribeiro, integrante da direção executiva da Abong, e que esteve à frente da articulação do encontro, “não tivemos prejuízo importante com o adiamento da reunião com o Ministro Farani, pois o núcleo de nossas preocupações refere-se à agenda pós-Busan, a incidência do Brasil na construção da agenda internacional do desenvolvimento. Essa é uma pauta que não se restringe à cooperação; temos a Rio+20 pela frente, e esse é o espaço para disputar um novo modelo de desenvolvimento. É por um novo modelo, mais justo e sustentável, que a política de cooperação brasileira deverá se orientar”.

lerler
  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca