ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • ALOP
informes - ABONG

50304/10/2012 a 01/11/2012

Participe do “Festival Florescer de Economia Solidária”

FESTIVAL DE ECONOMIA SOLIDÁRIA é mais que uma feira de economia solidária. O evento, em 6/10, vai apresentar à população de Salvador cooperativas fomentadas pelo Projeto Florescer e mais 40 outros empreendimentos convidados  da Região Metropolitana de Salvador, além da prestação de serviços à comunidade, apresentações culturais e atividades infantis, já que acontecerá durante o mês das crianças. “A proposta do festival não é só realizar a comercialização dos produtos das cooperativas, é estabelecer um contato entre empreendimentos solidários e seu público alvo. Isso possibilitará que essas cooperativas aprendam a lidar com o público, adequar os produtos às exigências do mercado, para que fortaleça a autonomia desses empreendimentos”, destaca Fabianne Brazileiro, Coordenadora da Linha de Formação para o Trabalho,  da Avante – Educação e Mobilização Social.

 

O Festival é uma das ações do Projeto Florescer, realizado pela Avante em pareceria com a Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), a Superintendência de Economia Solidária (SESOL) e o Centro Público de Economia Solidária (CESOL). O projeto  fomenta e assessora o desenvolvimento de três cooperativas de economia solidária no Calabar, Alto das Pombas e Roça da Sabina, além de dar apoio a duas outras cooperativas que nasceram a partir do Projeto Grãos, também desenvolvido pela Avante.

 

O QUE É?


Economia solidária é um sistema de produção, distribuição e consumo que favorece a construção de um ambiente colaborativo e sustentável no qual o lucro é distribuído de forma mais equitativa entre as etapas do processo econômico. Uma das diferenças entre as economias solidária e capitalista é que a primeira favorece o contato direto entre o produtor e o consumidor.

 

NO BRASIL


Na última década, o Brasil passou por uma transformação na qual a economia solidária deixou de existir somente através de ações isoladas para se tornar um movimento. Um passo importante para essa transformação foi a criação da Secretaria Nacional da Economia Solidária (SENAES) em 2003 e, no mesmo ano, o Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES), que tem como função articular o tripé: empreendimentos solidários, entidades de assessoria e fomento e gestores públicos.

 

NA BAHIA


O estado possui uma Superintendência de Economia Solidária (SESOL) vinculada à Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE) e tanto Salvador quanto outros municípios abrigam Centros Públicos de Economia Solidária (CESOL). “Nossa principal ação hoje é desenvolvida através do CESOL. Neste ano vamos inaugurar mais quatro Centros de Economia Solidária na Região Metropolitana de Salvador (RMS) com o objetivo de ampliar a assistência técnica aos empreendimentos de economia solidária”, diz o Superintendente de Economia Solidária, Milton Barbosa.


A principal intenção tanto dos gestores públicos quanto das ONGs atuantes em projetos de fomento à empreendimentos de economia solidária é que eles possam ser auto geridos pelos cooperativistas após o período de realização dos projetos. A partir de então os cooperativistas são capacitados para gerenciar suas atividades e tirar sustento da sua própria produção gerando um fluxo de comércio sustentável onde o consumidor também sai ganhando.

PARTICIPE. Ajude a criar uma lei que reconheça o direito ao trabalho associado e apoie a iniciativas de economia solidária.

 

CAMPANHA PELA LEI DA ECONOMIA SOLDÁRIA

 

Ou dê seu apoio durante o FLORESCER DE ECONOMIA SOLIDÁRIA que acontecerá no Campo Grande, dia 06 de outubro, a partir das 9 horas. Durante o evento serão recolhidas assinaturas em apoio ao trabalho solidário.

 

 

Divulgação do Festival Florescer de Economia Solidária

Fonte: Avante

 

lerler
  • PROJETOS

    • Fórum Social Mundial

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca