ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • Fórum Social Mundial
informes - ABONG

53206/04/2015 a 07/05/2015

Assembleia Geral do FIP toma decisões históricas em Túnis



Estiveram reunidos/as nesta segunda-feira (23/03), em Tunis (Tunísia), representantes de 36 Plataformas Nacionais de Organizações Não Governamentais das 60 que compõem o Fórum Internacional de Plataformas Nacionais de ONGs (FIP) para a Segunda Assembleia Geral (AG) do FIP.


Dentre os elementos que compuseram a agenda da AG estão a escolha do país que sediará a Secretaria do Fórum, hoje alocada em Paris (França); o estabelecimento de cotas de filiação às Plataformas Nacionais; o recebimento de contribuições e a validação da estratégia de trabalho 2016-2018 e a eleição do novo Conselho do FIP, que conta mais uma vez com a representação da Abong (Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais), bem como de representantes de Plataformas Nacionais do Senegal, República do Congo, República do Maurício, Chile, Guatemala, Estados Unidos, Índia, Coréia do Sul, Nepal, França, Reino Unido, Finlândia, Marrocos e coalizão regional das Ilhas do Pacífico.


A Assembleia deliberou que as Plataformas Nacionais passem a contribuir com cotas proporcionais ao milésimo de seus orçamentos anuais e ainda votou entre as candidaturas dos países à sede da Secretaria no próximo período. França, Canadá e Cabo Verde foram indicados ao Conselho do FIP, que deve tomar sua decisão nos próximos seis meses considerando também a escolha da Assembleia por uma Secretaria descentralizada.


Um dos principais objetivos da AG, a aprovação da estratégia do FIP para os próximos dois anos, foi conduzida por meio de Grupos de Trabalho (GTs) que se debruçaram sobre os três pilares que compuseram a estratégia 2013-2015: desenvolvimento de capacidades, incidência política e defesa de um ambiente favorável para a atuação das Organizações da Sociedade Civil (OSCs). O entendimento do primeiro pilar, que se refere ao desenvolvimento de capacidades, por todos os membros do Fórum como necessidade básica de curto a médio prazo para o êxito da atuação das OSCs e seu papel e objetivos conduziu os trabalhos dos GTs.


Fonte: Fórum Internacional das Plataformas Nacionais de ONGs (FIP)

lerler
  • PROJETOS

    • Agenda 2030

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca