ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Fórum Social Mundial
informes - ABONG

3974/09/2007 a 10/09/2007

CDJBC realiza encontro de microrregionais da ASA

Nos dias 30 e 31 de agosto, o Centro Dom José Brandão de Castro (CDJBC), Unidade Gestora Microrregional (UGM) do Programa 1 Milhão de Cisternas (P1MC) – da Articulação no Semi-Árido (ASA), realizou o Encontro Microrregional em Aracaju, no Estado de Sergipe, que contou, entre outros, com a participação de comissões municipais da ASA que integram o P1MC.

O Programa possui ações como a construção de cisternas, a preservação das sementes nativas – discutida com a criação ou difusão dos Bancos de Sementes Comunitários e defesa da agroecologia –, incentivando estratégias de mobilização e participação social na agricultura familiar com ações de intervenção nas políticas públicas para agricultura familiar.

Atualmente, o CDJBC desenvolve o Programa 1 Milhão de Cisternas em 11 municípios sergipanos –  Canindé do S. Francisco, Poço Redondo, Porto da Folha, Monte Alegre, Nossa S. da Glória, Pinhão, Simão Dias, Lagarto,  Pedra Mole, Macambira e Nossa S. Aparecida –, onde já construiu 5.936 cisternas por meio Programa.

De acordo com Adelmo Pires dos Reis, assessor do CDJBC e coordenador estadual do P1MC em Sergipe, o Encontro Microrregional teve como objetivo recapacitar 750 famílias do semi-árido sergipano beneficiadas com a construção de cisternas. “No encontro, foi reforçado o cuidado de gerenciamento das cisternas a partir da prática cotidiana das famílias com o manuseio e tratamento da água. E o Microrregional é uma das etapas do processo de monitoramento do P1MC”, informa.

O Microrregional, como salienta Adelmo, contribui para a socialização de informações entre os municípios envolvidos no P1MC. A capacitação de pedreiros, cursos de Gerenciamento de Recursos Hídricos e a decisão sobre a quantidade de cisternas para cada município estão entre as ações realizadas. Em outubro, será feita uma avaliação final com um encontro em Sergipe, que reunirá também as comissões municipais do Programa e as Unidades Gestoras Microrregionais de outros Estados, como Rio Grande do Norte e Pernambuco.


Estratégias

Segundo o CDJBC, as estratégias de atuação do P1MC correspondem às exigências previstas no documento das Metas de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas, que tem como um dos seus objetivos reduzir à metade a porcentagem da população mundial que não tem acesso à água potável e ao saneamento básico até o ano 2015, e universalização destes até o ano 2025.
Saiba mais: www.cdjbc.org.br

lerler
  • PROJETOS

    • Agenda 2030

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca