ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • Plataforma MROSC

Nota da ABONG à sociedade

11/08/2010

A Abong - Associação Brasileira de Ongs, entidade que congrega mais de 300 entidades da sociedade civil, citada em matéria publicada pelo Jornal A Tarde, edição de 03 de agosto de 2010 (e posteriores), ao lado de algumas de suas associadas, vem a público esclarecer que:

As Ongs são diferenciadas entre si, tanto em suas ações como em comprometimento na vivência e difusão de valores sociais. Colocá-las em pé de igualdade é, no mínimo, erro de informação.


As instituições que se situam no campo de atuação da Abong têm como valor maior a contribuição pela transformação social. Elas são responsáveis - em grande parte - pelas conquistas obtidas nos últimos anos pela sociedade brasileira. No decorrer de sua história têm pautado governos e organismos para que a utopia de uma sociedade justa e igualitária se estabeleça, com liberdade de imprensa e justiça para todos/as.


Este é o caso das entidades citadas na reportagem, o MOC (Movimento deOrganização Comunitária) e o CAA (Centro de Assessoria do Assuruá). Filiadas a Abong, têm contribuído na formulação de políticas públicas, atuando em áreas e com públicos tradicionalmente esquecidos. Muitas vezes são a única voz dos/asexplorados/as, invisíveis e esquecidos/as por uma minoria representada pela elite que tem, ao longo dos séculos, dominado as instituições deste país.

Com tão amplos e nobres objetivos, o fundamental é que estas organizações sejam financiadas pelo Estado Brasileiro, em última instância, maior beneficiário da diminuição das injustiças sociais, econômicas, culturais, ambientais e deinformação.

Portanto, a Abong reitera a afirmação da legítima e mesmo indispensável necessidade do acesso a fundos públicos por instituições sérias e comprometidas, tendo o Brasil urgência em definir um marco regulatório destas relações, não mais sendo possível conviver com organizações da sociedade civil sendo tratadas como empresas, submetidas à mesma legislação.

Por todas estas razões, solicitamos deste importante e comprometido veículo de comunicação, uma retratação pública, para que a opinião pública seja informada adequadamente sobre o papel e importância das ONGs que trabalham por uma sociedade mais igualitária, com justiça e ética, sendo verdadeiros instrumentos de evolução da sociedade brasileira.

Salvador, Bahia, Brasil, agosto de 2010.

ONGs exigen que la crisis europea no afecte el desarrollo de los países del sur

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Programa de Desenvolvimento Institucional (PDI)

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca