ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • CIVICUS
  • REDES

    • Mesa de Articulación

Proposta de tarifas sociais para envio como impresso de jornais, publicações e livro

27/09/2010

À Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos

Assunto: proposta de tarifas sociais para envio como impresso de jornais, publicações e livro

 

1.  Tarifa social para envio de jornais e publicações como impresso em todo território nacional.

Devido ao tamanho continental do Brasil, produzir um jornal ou qualquer outro tipo de impresso que necessita de empresas para distribuí-lo, e fazer com que o mesmo chegue a todas as regiões brasileiras não é uma tarefa fácil.

 

Isso complica ainda mais quando quem produz estes impressos são entidades sem fins lucrativos. Ou seja, tais materiais são produzidos por entidades comprometidas em levar conteúdo de qualidade, formativo e informativo de modo a elevar a condição crítica dos cidadãos que os acessam, fazendo com que crie novas e melhores perspectivas para o futuro, mas por conta dos valores cobrados para o envio destes materiais, os mesmo não cumprem o papel que deveriam cumprir, pois a sua distribuição fica inviabilizada devido ao custo em detrimento as condições financeira de tais entidades.

 

Outro ponto que devemos observar é que a maior parte dos materiais impressos que são distribuídos em todo o território nacional é produzido na região Sudeste. Sendo assim, o envio destes para as regiões Norte e Nordeste é ainda mais caro e, portanto, torna-se ainda mais difícil que a população destes estados tenha acesso a estes materiais.

 

Pagamos hoje uma média de R$0,75 por envio. O valor para envio varia de região para região, sendo que o menor valor é de SP, R$0,68 e o maior valor é de AM e RR, ambos R$1,64.

 

Solicitamos que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos crie uma Tarifa Social para o envio de impressos que sejam oriundos de Entidades sem fins lucrativos. Propomos a redução de 50% das tarifas correntes para todos os serviços prestados para as entidades que, de acordo com os seus Estatutos, forem sem fins lucrativos.

 

Com a criação desta tarifa social, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos estará contribuindo com uma maior integração do povo brasileiro. Fará com que as regiões mais longínquas e muitas vezes pobres tenham acesso a materiais impressos de alto nível de qualidade editorial e gráfico, fazendo com que sintam mais motivados, realizados e isso contribuirá com as transformações que tanto esperamos.

 

Propomos que a empresa organize um cadastro para que todas as entidades sem fins lucrativos que tenham boletins, jornais, publicações se cadastrem para usufruir da tarifa;

 

2.  Tarifa Social para envio de livros

As tarifas atuais para envio de livros pelos Correios estão muito caras, para todos os tamanhos, pesos e locais.  Diante disso propomos:

 

a) Uma tarifa especial com desconto de  50% de desconto para editoras, livrarias e distribuidoras que tenham um faturamento até R$ 2 milhões por ano.  Para que seja aplicado em todas as remessas de livros e publicações como impresso, para todo território nacional.

b) A ECT poderia criar um cartão de credenciamento que as pessoas jurídicas: empresa, editora, livraria; enquadradas nesses critérios, teriam.

c) O limite de faturamento é necessário para estimular as pequenas e medias empresas que atuam no setor. E evitar que grandes empresas do ramo, tentem se beneficiar de uma tarifa que visa apenas difundir melhor o livro.

d) Criar a tarifa social com desconto de 50% nos atuais preços cobrados, para o envio de livros, por qualquer empresa  ou pessoa física ou jurídica, até o limite de dois quilos. Para qualquer destino do Brasil. Essa proposta se destina a estimular a que circule mais livros entre a população e compra por reembolso postal, com menores custos.

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • FIP - Fórum Internacional das Plataformas Nacionais de ONGs

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca