ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Petrobras
  • REDES

    • Fórum Social Mundial

Pela liberação imediata de Ameer Makhoul e dos prisioneiros políticos palestinos

10/06/2011

Enquanto nós estamos reunidos, como membros do Conselho Internacional do Fórum Social Mundial, em encontros em Paris, nós pedimos pela libertação imediata de Ameer Makhoul e todos os prisioneiros políticos palestinos que foram ilegalmente presos e condenados sob ordens militares israelenses.

Mais de uma ano atrás, Ameer Makhoul, um membro ativo do Conselho Internacional do FSM e coordenador da Ittijah, a União das Associações Comunitárias Árabes e liderança do movimento pela proteção dos direitos de cidadãos palestinos de Israel, foi preso em Israel.


Na manhã de 06 de maio de 2010, a casa de Ameer Makhoul foi invadida por autoridades israelenses. Ele foi mantido em uma solitária por doze dias, sujeito a tortura física e psicológica e privado de seus direitos humanos básicos. Seus advogados foram finalmente forçados a aceitar um acordo com a promotoria para evitar a prisão perpétua. O julgamento de Ameer foi uma farsa e repleto de ilegalidades. No dia 30 de janeiro de 2011, Ameer foi sentenciado com nove anos de prisão.

O julgamento de Ameer Makhoul e outros líderes da sociedade civil palestina – tanto cidadãos israelenses como habitantes da Cisjordânia e Faixa de Gaza ocupadas – demonstra a extrema política de repressão cada vez maior de Israel. Esses atos são inválidos e ilegais e são uma flagrante violação das leis internacionais. Desde 1967, mais de 700 000 palestinos, incluindo mulheres e crianças, foram presos e encarcerados em prisões e centros de detenção israelenses. Os direitos humanos fundamentais dos prisioneiros – homens, mulheres e crianças – estão sendo sistematicamente violados.

 

No espírito de solidariedade internacional, nós convocamos a sociedade civil ao redor do mundo para mobilizar-se em apoio ao povo palestino contra a repressão israelense e pressionar nossos governos para que garantam que Israel pare suas violações dos direitos humanos dos palestinos, termine a ocupação e desmonte seu regime de apartheid.


Não haverá paz sem justiça.

 

 

ABONG, ActionAid International, Alianza por un mundo responsable, plural y solidario, Alianza Social Continental, Alternatives, ARCI, Articulación Feminista Marcosur, ATTAC, CADTM, Caritas, CCFD - Terre Solidaire, CEAAL, CERIDA, CETRI, CIEMEN, Ciranda, CIVES, COBAS -   Coordinamento Italiano per FSE e FSM, Comissão Brasileira de Justiça e Paz, CRID, CUT, ENDA, FAMES, FDIM, FLARE - Freedom Legality And Rights in Europe, Forum Mondial des Alternatives, FMAS, Focus on the Global South, Fondation Frantz Fanon, Fundación Galiza Sempre, Grassroots Global Justice Alliance, Herriak Aske, IBASE, IDEA, INESC, Institut Panos Afrique de l’Ouest, Instituto de Estudios de la CTA, IPAM, IPS, ISCA - UISP, Jubileesouth Asia/Pacific, Kurdish Network, May First/People Link, Mesopotamian Social Forum, NIGD, OJA, Peoples Health Movement, PNGO , Rede Ecosocialista Internacional, ROAD, Social Watch, Stop the Wall, Transnationals Information Exchange, UBUNTU, VK, World March of Women.

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca