ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • Beyond

Entidades manifestam repúdio diante da absolvição dos ex-soldados da Polícia Militar acusados dos crimes de roubo qualificado e tentativa de homicídio qualificado contra o adolescente de 15 anos

17/09/2012

O Fórum Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Amazonas – FEDDCA/AM, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente-CMDCA, Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana do Amazonas - CEDDPH-AM,Conselho de Direitos Humanos da Arquidiocese de Manaus - CDH,Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDCA, vem a público externar seu repúdio diante da absolvição dos ex-soldados da Polícia Militar (PM) André Luiz Castilhos Campos e Rosivaldo de Souza Pereira que são acusados dos crimes de roubo qualificado e tentativa de homicídio qualificado contra o adolescente de 15 anos.

 

As instituições acima respeitam a decisão soberana do corpo de jurados, todavia apóiam o recurso interposto pelo Ministério Público junto ao Tribunal de Justiça do Amazonas.

 

As Entidades expõem:

 

A partir do dia 07 de Agosto de 2012, a mídia nacional de forma intensa publicou um vídeo onde claramente é visto Policiais Militares do Estado do Amazonas disparando tiros contra o adolescente de 15 anos.

 

Mesmo que o adolescente tivesse praticado qualquer ação delitiva, não tinham aqueles policiais o direito de agir conforme demonstrado no já referido vídeo (roubo e tentativa de homicídio). A obrigação dos policiais era apreendê-lo e conduzi-lo à presença das autoridades competentes.

 

Diante das cenas reveladas no vídeo é incontestável que os policiais agiram de forma covarde e cruel, além de terem infringido as normativas abaixo:

 

  • O ECA - Estatuto da Criança e Adolescente assegurado pela leiº8.069, de 13 de Julho de 1990, garante em seus artigos que:

 

Art. 4º É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com  absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária.

 

Art. 5º Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.Art. 17. O direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, ideias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

 

Art. 18. É dever de todos velar pela dignidade da criança e do adolescente, pondo-os a salvo de qualquer tratamento desumano, violento, aterrorizante, vexatório ou constrangedor.

 

Art. 70. É dever de todos prevenir a ocorrência de ameaça ou violação dos direitos da criança e do  adolescente.

 

Diante do exposto, as entidades e instituições acima citadas, vem a público apoiar a manifestação do Ministério Publico Estadual – AM que ingressou com o recurso ao Tribunal de Justiça do Amazonas pedindo a anulação da sentença que absolveu os soldados da Polícia Militar do Amazonas PM- AM, André Luiz Castilhos Campos e Rosivaldo de Souza Pereira da acusação dos crimes de roubo qualificado e tentativa de homicídio qualificado contra o adolescente de 15 anos.

 

Manaus – AM,12 de Setembro de 2012.

 

 

 

Fórum Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente do Amazonas – FEDDCA/AM

Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente CMDCA

Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana – CEDDPH

Conselho de Direitos Humanos da Arquidiocese de Manaus – CDH

Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – CEDECA

 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Fórum Social Mundial

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca