ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Plebiscito Constituinte

Nota de Apoio da CAMTRA - Casa da Mulher Trabalhadora às/aos Professoras/es das Redes Municipal e Estadual do Rio de Janeiro

09/10/2013

SOMOS TODAS/OS PROFESSORAS/ES!

 

Por uma Educação Pública, Gratuita, de Qualidade, Não Sexista, Não Racista e Não Lesbofóbica!

 

A Casa da Mulher Trabalhadora - CAMTRA se solidariza e apoia as/os professoras/es do Município e Estado do Rio de Janeiro e sua luta histórica que conquistou novo patamar no último mês! A categoria, ocupada 85,7% por mulheres (quase 100% no Ensino Infantil, 80% a 97,6% no Ensino Fundamental e 60,8% no Ensino Médio), expõe a precarização e desvalorização das profissões constituídas em maior parte pelas mulheres na hierarquia ocupacional do mundo do trabalho. Por isso, entendemos que as reivindicações colocadas são fundamentais para condições dignas de trabalho e reconhecimento das professoras (es), tais como: a autonomia político pedagógica, a redução da carga horária para as(os) funcionárias(os) das escolas, o reconhecimento das merendeiras, as reformas e planos de melhorias para a estrutura física das escolas, entre outras.

 

Denunciamos a violência com a qual a polícia tem agido e perseguido as professoras (es) e manifestantes durante as jornadas políticas de manifestação pela conquista de direitos. E, ressaltamos nosso repúdio à polícia, que quando dirigida às professoras e às mulheres manifestantes, tem utilizado formas de violência específica contra as mulheres, que nos ameaçam física, psicológica e sexualmente enquanto mulheres.

 

A CAMTRA, enquanto organização feminista, acredita na educação como um processo importante do projeto de sociedade justa e igualitária, onde as pessoas sejam livres de discriminações e tenham seus direitos garantidos. NÓS, MULHERES, LUTAMOS POR UMA EDUCAÇÃO PÚBLICA, NÃO SEXISTA, NÃO RACISTA E NÃO LESBOFÓBICA!

 

SOMOS TODAS PROFESSORAS! Somos todas mulheres sofrendo a mercantilização dos serviços públicos e a desvalorização do trabalho das mulheres em uma sociedade e Estado patriarcal, capitalista e racista.

 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca