ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • Plebiscito Constituinte

Acordo com o Banco Mundial na área de aids financiará projetos baseados em metas para 2014

05/10/2010

O governo brasileiro e o Banco Mundial assinarão empréstimo, nesta terça-feira, 5 de outubro, para financiar o projeto Aids-SUS. O acordo visa ampliar ações relacionadas à aids e outras doenças sexualmente transmissíveis (DST). Pela primeira vez, o repasse de recursos será condicionado ao cumprimento de metas escalonadas até 2014. A parceria, firmada em maio de 2010, foi recentemente aprovada no Congresso Nacional e prevê o empréstimo de US$ 67 milhões e uma contrapartida nacional de US$ 133 milhões – totalizando US$ 200 milhões.

 

O acordo está focado no aperfeiçoamento da governança, com base na melhoria do acesso aos serviços de prevenção, diagnóstico e tratamento do HIV e outras DST. A proposta inovará ao implementar novas modalidades de incentivos aos estados e municípios, tais como o financiamento de bolsas, sistemas de premiação e sanções baseadas no alcance de resultados, além da premiação de soluções administrativas inovadoras. Em relação ao financiamento de projetos executados por organizações não governamentais, os instrumentos de contratação serão aprimorados. Também será medido o alcance de objetivos dos projetos.

 

O Aids-SUS prevê metas como o aumento do acesso ao diagnóstico e de preservativos pelas populações mais vulneráveis (gays, profissionais do sexo e usuários de drogas) e o aumento da capacidade de execução financeira e de metas pelo Ministério e secretarias estaduais e municipais de saúde. Além disso, destacam-se a implantação de mecanismos que aumentem a transparência e responsabilização dos governos locais, tais como maior divulgação em sites dos dados epidemiológicos, orçamentários e financeiros. A iniciativa prevê, ainda, o aumento da testagem entre gestantes para sífilis e HIV.

 

O Banco Mundial já repassou quase US$ 500 milhões para o Brasil, em três empréstimos anteriores, firmados desde 1993. Em termos de volume financeiro, o valor do acordo atual representará menos de 2% do orçamento para ações de DST/aids no país em 2011.

 

Mais detalhes sobre o projeto podem ser encontrados no seguinte endereço (versão em inglês):

http://web.worldbank.org/external/projects/main?pagePK=64283627&piPK=73230&theSitePK=40941&menuPK=228424&Projectid=P113540

 

Fonte: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Agenda 2030

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca