ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • Beyond

Seminário na periferia de SP discute os 20 anos do ECA

06/08/2010

Passadas duas décadas da aprovação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), qual a importância da lei para regiões da cidade de São Paulo com graves problemas sociais, como falta de creches, pré-escolas, centros culturais e espaços de lazer? Esta será uma das reflexões presentes no seminário “Um olhar da periferia sobre os 20 anos do ECA”, que diversas organizações da sociedade civil, entre as quais a Pastoral do Menor da Diocese de Santo Amaro e o Fórum Social da Cidade Ademar e Pedreira, promovem no próximo sábado (dia 7/8), no Jardim Miriam – bairro da periferia da Zona Sul de São Paulo. O evento, que será realizado das 8 às 12h30, na Escola Leonor Quadros (ao lado da Praça do Jardim Miriam), visa também debater e propor ações capazes de contribuir para a plena implementação do Estatuto.

 

Para discutir os avanços, os desafios e o impacto da lei na vida das crianças e dos adolescentes que vivem na região, foram convidados professores, educadores, lideranças comunitárias, agentes pastorais, além de mães e pais. Crianças e Adolescente também participarão do evento, em oficinas de Hip-Hop, Contação de história, Teatro e confecção de petecas.

 

A realização do evento no Jardim Miriam tem um significado simbólico, pois o bairro fica na Subprefeitura da Cidade Ademar, área que ostenta alguns do piores indicadores sociais relacionados a crianças e adolescentes da capital paulista. De acordo com dados da própria prefeitura, que serão exibidos no seminário, mais de 50% das crianças que precisam de creche na região não conseguem vaga e 17 de cada grupo de 100 pequeninos estão fora da pré-escola (o pior índice entre as 31 subprefeituras da cidade). Além disso, na Cidade Ademar não tem nenhuma biblioteca ou centro cultural público acessível aos moradores, que somam oficialmente 403 mil. Deste total, 141 mil são crianças, adolescentes e jovens de zero a 19 anos de idade (35% da população local).

 

De acordo com os organizadores, a divulgação do evento e a aceitação das pessoas para com o seminário “Um olhar da periferia sobre os 20 anos do ECA” superaram todas as expectativas. Mais de 250 pessoas – número bem maior do que o previsto inicialmente – já se inscreveram e, em função disso, as inscrições estão encerradas.

 

Fonte: site do Movimento Nossa São Paulo

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Agenda 2030

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca