ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Action2015

II Feira Panamazônia promove integração latino-americana

21/10/2010

 

Centenas de empreendimentos econômicos solidários brasileiros e internacionais estão reunidos a partir de hoje (20), no Horto Florestal de Rio Branco, capital do Acre, na 2ª edição da Feira Internacional Panamazônia de Economia Solidária e Agricultura Familiar e na I Mostra Internacional de Produtos e Serviços Econômicos Solidários. Os eventos da região amazônica, no Norte do Brasil, seguem até o próximo domingo, 24.

Com a participação de 9 países: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Guatemala, México, Peru, Uruguai e Venezuela, tudo indica que a integração latino-americana, o principal objetivo do evento, será bem sucedida. Os nove estados que compõem a Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima, Tocantins e parte do Maranhão e do Mato Grosso) também participam da Feira.

 

De acordo com Juan Scalia, integrante da comissão organizadora da Feira, o evento é um espaço para troca de experiências e reflexão sobre como criar uma forma de integração justa e solidária entre os países da região. Ele enfatizou a participação da Rede Internacional de promoção da Economia Social e Solidária (Ripess) como uma importante articuladora neste processo.

 

Segundo Juan, a expectativa é que o público deste ano ultrapasse o da primeira edição em 2007, quando foi registrada a presença de 30 mil pessoas. "Esperamos que esse ano o público chegue à 80 ou 90 mil pessoas", disse.

 

Os visitantes e as visitantes poderão conhecer 300 estandes que oferecem os mais variados tipos de produtos como artesanato, agricultura familiar, confecção, culinária regional, fitoterápicos, extrativismo, artes plásticas e outros, diariamente, a partir das 17h às 22h.

 

Na programação estão previstas a realização de oficinas, seminários, atividades culturais, comercialização e rodadas de negócios. Juan explicou que as rodadas de negócios, que acontecem na sexta-feira (22) e no sábado (23), são momentos que aproximam empreendedores (as) e empresários (as) para o fechamento de "negócios futuros", através de uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AC). "Em 2007, a rodada conseguiu fechar algo em torno de R$ 5 milhões de negócios futuros. A gente espera neste ano superar pelo menos 10% deste valor", informou.

 

Um dos momentos mais importantes da Feira será o Seminário Latino-americano - "O papel da economia solidária na integração latino-americana", que acontecerá nesta quinta-feira (21). Na ocasião, os representantes dos países participantes deverão apresentar suas experiências, em uma rica troca de conhecimentos.

 

A realização da II Feira Internacional Panamazônia integra um conjunto de deliberações da II Conferência Nacional de ES (Conaes). O evento é considerado um dos mais importantes para o país e para a América Latina.

 

ES no Acre

O Acre está representado na Feira por mais de 150 empreendimentos econômicos solidários. De acordo com Juan, a ES no estado está passando por um processo de fortalecimento com a atuação do Fórum acreano, e que os esforços visam abranger mais municípios, através de oportunidades para comercialização local. Ele destacou que os empreendimentos indígenas são os que precisam ser mais fortalecidos no momento.

 

Conheça a Feira Panamazônia através do blog: http://www.panamazonia2010.blogspot.com/

 

Fonte: Adital, por Tatiana Félix

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Fórum Social Mundial

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca