ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Plebiscito Constituinte

Vídeo mostra plantio mecanizado de florestas

12/11/2010

A técnica de plantio mecanizado de florestas, utilizada pelo Instituto Socioambiental (ISA) e instituições parceiras nos trabalhos de restauração florestal realizados no âmbito da Campanha Y Ikatu Xingu, é apresentada em detalhes no vídeo Plantio mecanizado de florestas: faça você mesmo. O vídeo, produzido pela Sertão Filmes, produtora que é parceira da campanha, tem o intuito de disseminar o uso da técnica que possibilitou colocar mais de dois mil hectares em processo de restauração florestal na Bacia do Rio Xingu, no Estado de Mato Grosso.

 

No plantio mecanizado de florestas, diversas espécies de sementes nativas são misturadas e colocadas em maquinários agrícolas, como a plantadeira e a lançadeira de sementes, para realizar o plantio direto. Essa mistura é chamada de muvuca e foi aperfeiçoada pela equipe de restauração florestal do ISA para se adaptar às necessidades da região, que abriga vegetação de Cerrado e Floresta Amazônica. Ela oferece diversas vantagens, além de ser mais rápida e barata em relação ao plantio de mudas.

 

A muvuca contém sementes de diversas espécies florestais a leguminosas de adubação verde, como o feijão de porco, feijão guandu e crotalaria, que protegem o solo enquanto as árvores crescem. É normalmente utilizada para o plantio de agroflorestas e, por conter espécies frutíferas, resiníferas, medicinais e madeireiras, pode trazer retorno econômico para o dono da área.

 

Reconhecimento

Além de possibilitar a restauração de grandes áreas, o custo do plantio mecanizado de sementes florestais fica até quatro vezes mais baixo que o plantio convencional de mudas. O método foi destaque na Mostra Ethos de Tecnologias Sustentáveis de 2010 por atender aos seguintes critérios: evidências de melhorias no meio ambiente, na qualidade de vida das pessoas e no desenvolvimento socioambientalmente sustentável; contribuições da tecnologia para a sustentabilidade de forma escalar e potencialidade de replicação da tecnologia.

 

O trabalho também recebeu importante reconhecimento em julho de 2010, ao ficar em primeiro lugar na chamada pública para seleção de práticas inovadoras em revitalização de bacias hidrográficas do Ministério do Meio Ambiente (MMA), sob o nome de Recuperação das nascentes e matas ripárias na Bacia do Xingu por meio do plantio mecanizado de florestas. A experiência integrada de restauração florestal e coleta de sementes na bacia também foi tema de reportagem especial produzida para o programa Globo Rural, que foi ao ar em julho de 2010.

 

Rede de Sementes do Xingu

A demanda por sementes nativas para trabalhos de restauração florestal da Bacia do Rio Xingu, em Mato Grosso, ancorou a Rede de Sementes do Xingu, uma iniciativa que envolve mais de 300 famílias de 19 municípios e sete aldeias indígenas que têm na coleta de sementes uma fonte de renda. A iniciativa superou todas as expectativas e em quatro anos de existência, tornou-se referência para a economia de base florestal na região. O movimento tem participação de agricultores familiares, índios, assentados rurais e viveiristas que estão hoje se profissionalizando na coleta e beneficiamento de sementes nativas para comercialização em escala. (Saiba mais sobre a Rede de Sementes do Xingu).

 

Peça o seu DVD

Para solicitar uma cópia do DVD, basta preencher o formulário anexo clicando aqui. Se você mora na região de Canarana, envie o formulário para isaxingu@socioambiental.org. Para pedidos de entrega por correio a outras regiões, envie o formulário para comercial@socioambiental.org.

 

O número de DVDs é limitado, assim, se o seu pedido for aprovado, nossa equipe entrará em contato com você para definir o processo de retirada ou pagamento de frete do material.

 

Critérios para a doação

Os DVDs serão doados prioritariamente para:

1- proprietários rurais que já tentaram realizar restauração florestal 2- profissionais e técnicos de empresas que atuam em projetos de restauração florestal 3- técnicos e autoridades de órgãos públicos relacionados à restauração florestal (SEMA, IBAMA, MP, MMA, MAPA, MDA, etc.) 4- educadores e professores de cursos relacionados à restauração florestal

 

Fonte: Instituto Socioambiental

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca