ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • Fórum Social Mundial

Caminhada e mobilização marcam Dia pelo Fim da Violência Contra a Mulher

26/11/2010

A área em frente a igreja católica do bairro da Catingueira em Campina Grande recebeu na manhã desta sexta-feira, 26 de novembro, uma mobilização e uma caminhada alusivas à "Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher", que está sendo organizada na cidade por um grupo de entidades feministas e de defesa dos direitos humanos da cidade.

 

A programação teve início por volta as das 9h e seguiu até o final da manhã com uma caminhada pelas ruas centrais do bairro com carro de som chamando a atenção da população para a importância de se combater todas as formas de violência contra a mulher. Também houve a distribuição de materiais informativos, adesivos para carros, exposições de faixas e terminou com a apresentação de dança do grupo Dança e Charme, do bairro da Catingueira.

 

Em Campina Grande também haverá um ciclo de palestras em escolas públicas da cidade entre os dias 01 e 09 de dezembro. “A intenção é aproveitar o espaço educativo que a escola oferece e levar esta discussão para os jovens, pois lá é que vão sendo construídas novas relações de gênero”, explicou Madalena Medeiros, Coordenadora do Programa Direitos e Igualdade de Gênero, da Ong Centro de Ação Cultural (CENTRAC).

 

Ainda dentro da programação alusiva ao tema da Não Violência Contra a Mulher na cidade, no dia 03 de dezembro, acontece o Seminário “Estado Laico e o Direito das Mulheres”, à partir das 8h30 no Auditório da Faculdade de Serviço Social, localizado à Rua Antônio Guedes, 114, Centro.

 

A Campanha 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres está na sua 19ª edição. A ação envolve organizações de 159 países no período de 25 de novembro a 10 de dezembro, dia em que se comemora o aniversário da promulgação da Declaração Universal dos Direitos Humanos. No Brasil a Campanha começa a ser desenvolvida em 20 de novembro, dia da Consciência Negra.

 

Entre as entidades que organizam a programação estão: Centro de Ação Cultural, Cunhã Coletivo Feminista; Grupo Flor e Flor Estudos de Gênero/UEP; Associação das Trabalhadoras Domésticas; Coletivo de Mulheres, Educação, Intervenção e Ação Social; Grupo de Apoio à Vida; Menina Feliz; Pró-Adolescente Mulher Espaço e Vida, Rede de Articulação de Mulheres Paraibanas e Centro de Referência de Assistência Social da Catingueira. A mobilização conta ainda com o apoio da Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

 

Programação

Palestras nas escolas da rede pública

Sensibilização da juventude quanto à problemática da violência contra as mulheres

- Escola Murilo Braga (Bairro Liberdade)

Data: 01/12/10 (quarta-feira) Hora:19h

- Escola Estadual Nenzinha Cunha Lima (Bairro Mirante)

Data: 06/12/2010 (segunda-feira) Hora: 14h30

- Escola Estadual Premem

Data 07/12/10 (terça-feira) Hora: 14h30

- Escola Normal (Av. Brasília)

Data 09/12/10 (quinta-feira) Hora:15h

 

Seminário “Estado Laico e o Direito das Mulheres

Realização: Católicas pelo Direito de Decidir.

Lançamento e distribuição de livros

Local: Auditório da Faculdade de Serviço Social, Rua Antônio Guedes, 114, Centro       Data: 03/12/10 (sexta-feira)

Hora: 8h30 às 11h30

 

Fonte: Centro de Ação Cultural - CENTRAC

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca