ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • Plebiscito Constituinte

Emendas sugeridas pelos movimentos feministas incrementam PLOA 2011 em R$ 1,155 bilhão

06/12/2010

As quatro emendas sugeridas pelos movimentos feministas e de mulheres ao Projeto de Lei Orçamentária Anual 2011 foram acatadas por comissões setoriais. As propostas encaminhadas a parlamentares incrementaram os recursos no valor de R$ 1,155 bilhão, nas ações de combate à violência contra as mulheres; estruturação de unidades de atenção especializada em saúde; construção, ampliação, reforma de creches e pré-escolas; e de apoio a iniciativas de referência nos eixos temáticos do PNPM.

 

Veja com detalhes:

 

Combate à Violência Contra a Mulher: a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados aprovou uma emenda alocação de mais R$ 145 milhões para a Ampliação e Consolidação da Rede de Serviços Especializados de Atendimento às Mulheres em Situação de Violência. Segundo a SPM, esse era o valor necessário para assegurar os compromissos feitos para o ano de 2011.

 

Saúde: a Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou a alocação de mais R$ 250 milhões para a Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde. É por meio dessa ação que o Ministério da Saúde dá apoio técnico e financeiro aos estados e municípios para organização e estruturação da rede de serviços especializada (inclusive especializada em saúde da mulher). Mesmo com a emenda, essa ação ainda precisa de aproximadamente R$ 1,2 bilhão em recursos pra poder alcançar o mesmo valor que foi autorizado no orçamento de 2010.

 

Creches: a Comissão de Educação do Senado aprovou mais R$ 300 milhões para a Reestruturação da Rede Física Pública da Educação Básica (ou seja, para a construção, ampliação, reforma de creches e pré-escolas). Esse valor, no entanto, ainda é pouco para chegar ao 1 bilhão de reais que foi autorizado no orçamento de 2010.

 

II PNPM: a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado colocou R$ 460 milhões a mais na ação que dá apoio a Iniciativas de Referência nos Eixos Temáticos do PNPM, ou seja, bem mais do que os R$ 70 milhões que a SPM avaliou serem necessários para esta ação em 2011.

 

Apesar de as quatro emendas já terem sido aprovadas em comissões temáticas, ainda não estão garantidas. Irão agora para a avaliação dos relatores setoriais e depois, seguem para avaliação do Relator Geral do Orçamento, o Senador Gim Argello (PTB/DF).

 

É necessário continuar monitorando para verificar se os relatores setoriais e o relator geral vão aceitar as emendas. Depois disso, ainda há que se fazer pressão para que o Presidente Lula sancione os aumentos de recursos. Apenas assim haverá mais recursos garantidos para essas políticas em 2011.

 

Fonte: CFEMEA

 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Observatório da Sociedade Civil

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca