ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Action2015

Associação das Trabalhadoras Domésticas realiza avaliação anual

14/12/2010

No último domingo (12) a Associação das Trabalhadoras Domésticas de Campina Grande reuniu na sede da entidade sua diretoria, filiadas e assessoria para a avaliação das atividades do ano de 2010. Na ocasião foram lembradas as ações promovidas e apoiadas pela Associação a exemplo das comemorações do centenário do 8 de Março, Dia Internacional da Mulher, quando foi realizado um pit stop nos sinais de trânsito da cidade com distribuição de materiais informativos/educativos numa parceria com o Centro de Ação Cultural (CENTRAC), Grupo de Teatro Heureka, Grupo de Estudos de Gênero Flor e Flor e a Rede de Mulheres em Articulação da Paraíba e Associação dos Docentes da Universidade Federal de Campina Grande (ADUFCG).

 

No 27 de abril, Dia da Trabalhadora Doméstica, a Associação, em parceria com o Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda realizou um seminário e um curso de formação voltados para a categoria, com duração de uma semana. Durante todo o ano a Associação fez um trabalho nos bairros realizando oficinas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRASS) de sensibilização sobre os direitos das trabalhadoras e realizou cursos de aprofundamento sobre direito do trabalho, direito previdenciário e violência contra a mulher voltados para a diretoria da associação e equipe de apoio.

 

Este ano também foi lembrado como o ano em que a Associação voltou a funcionar regularmente com atendimento diário à categoria oferecendo serviços de assessoria jurídica, com encaminhamento de casos à Justiça do Trabalho, materiais informativos e orientações. Este fato foi possível por meio da aprovação de um projeto junto ao Fundo Brasil de Direitos Humanos. O Projeto “Valorização do Trabalho Doméstico: na luta por direitos, igualdade e reconhecimento” já é o segundo aprovado da Associação, em 2009 a entidade recebeu também apoio do Fundo Ellas.

 

A Associação também teve um papel protagonista na “Campanha 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher” na cidade, com a realização de um ciclo de atividades que incluiu palestras em escolas públicas, mobilização em bairros e seminários numa articulação com diversas entidades que lutam pelos direitos das mulheres de Campina Grande e de outras cidades do Estado.

 

Como uma última atividade de 2010, a Associação participou ativamente das comemorações em torno do Dia Internacional Contra a Corrupção em Campina Grande, no dia 9 de dezembro, quando foi montada uma feira de atividades no centro da cidade numa articulação de diversas entidades.

 

Participação Política

Outro ponto positivo da avaliação foi o engajamento político das trabalhadoras domésticas, que garantiu à Associação um assento no Conselho Estadual de Saúde, no Conselho Municipal da Mulher e na comissão formada por entidades da sociedade civil que estão discutindo a criação do Conselho Municipal de Juventude. A diretoria da entidade entende que esta é uma condição essencial para incidir nas políticas públicas, que por sua vez pode melhorar as condições de vida da população em geral.

 

Parcerias e Visibilidade

A visibilidade dos direitos da categoria na imprensa e as parcerias firmadas durante todo o ano foram lembradas pelas trabalhadoras como resultados importantes para o fortalecimento e reconhecimento do trabalho doméstico na cidade. A articulação com entidades como o Centro de Ação Cultural (CENTRAC), a Rede de Mulheres em Articulação da Paraíba, o Cunhã Coletivo Feminista, o Grupo de Estudos de Gênero Flor e Flor da UEPB, Associação dos Docentes da UFCG (ADUFCG), Pró-Adolescente Mulher, Espaço e Vida (PROAMEV), Grupo de Apoio à Vida (GAV), Coletivo de Mulheres, Educação, Intervenção e Ação (COLMÉIAS), Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda de Campina Grande foram avaliadas como essenciais para se atingir estes resultados.

 

Todas estas atividades fazem parte da Campanha pela “Valorização do Trabalho Doméstico: na luta por direitos, igualdade e reconhecimento”, lançada pela Associação em parceria com o CENTRAC em 2009, que conta com o apoio da entidade de cooperação espanhola Manos Unidas.

 

Fonte: Centro de Ação Cultural - CENTRAC

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Observatório da Sociedade Civil

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca