ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • FIP

Índios do Xingu protestam contra a construção de Belo Monte em evento em Brasília

08/02/2011

Mais de 100 índios da região do Rio Xingu se deslocaram para Brasília com o objetivo de se mobilizarem contra a construção do Complexo Hidroelétrico de Belo Monte. Eles ficaram, nesta segunda-feira (7), durante todo de hoje, no Auditório Darcy Ribeiro, na Universidade de Brasília. Na parte da manhã, os indígenas fizeram a dança de boas-vindas e participaram da mesa de debates. Uma das reivindicações dos nativos é que o governo os escute para tomar decisões.

 

"Nós somos contra a Construção de Belo Monte porque ela prejudicará o indígina e o não indígina", disse o Cacique Raoni Metyktire, em seu discurso. "Um abaixo-assinado foi feito e mais de meio milhões de pessoas assinaram, nós queremos entregar para a presidenta Dilma Rousseff", completou. Segundo o antropólogo e assessor político do Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC), Ricardo Verdum. "A questão indígena vem sendo negligenciada desde o início e, a partir do momento que o governo federal libera as obras a, situação se tornou mais grave".

 

Além dos índios, o evento reúne movimentos sociais da região do Rio Xingu, especialistas e autoridades. O Seminário discute a magnitude dos impactos da hidroelétrica e seu questionável processo de licenciamento, que repercutem diretamente sobre os direitos e o modo de vida tanto de Povos Indígenas que imemorialmente vivem nesta região, quanto de Povos Tradicionais – camponeses, pescadores e extrativistas – e de outros grupos locais que dependem simbólica, social e economicamente da floresta, do rio e de seus igarapés.

 

Veja mais informações

 

Fonte: INESC (Instituto de Estudos Socioeconômicos)

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca