ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Fórum Social Mundial

Trajetória da SMDH é lembrada no IV Café com Direitos Humanos

23/02/2011

A Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) completou, no último dia 12 de fevereiro, 32 anos de atuação. Para marcar a data, foi realizado em São Luís, o 2º Baile do Parangolé. Em Brasília, onde a SMDH tem pouco mais de um ano de atuação, a data será lembrada com a realização do IV Café com Direitos Humanos, na próxima quarta-feira, 23.

 

O Café com Direitos Humanos é uma realização mensal da SMDH, que busca ser um espaço de encontro, discussão, fortalecimento e articulação de entidades e militantes em torno da temática dos direitos humanos. O espaço divulga ações neste campo de atuação, de maneira descontraída e informal. Após estas quatro edições em Brasília, o evento chegará também à São Luís, a partir do mês de março.

 

“Um vídeo institucional está sendo preparado, para contar nossa história. Na ocasião mostraremos uma versão demo e na próxima edição do Café com Direitos Humanos já teremos sua versão final”, antecipa Joisiane Gamba, advogada da SMDH. O vídeo a que ela se refere é “SMDH – 32 anos de luta em defesa da vida”, realizado pela Café Cuxá Filmes (a mesma de “Aperreio”, que levou a estatueta de melhor documentário no Curta Carajás, no Pará).

 

Para Humberto Capucci, um dos realizadores do filme, “para nós foi um desafio muito grande, é praticamente impossível condensar uma história tão rica em menos de vinte minutos de filme”. “SMDH – 32 anos...” registra a trajetória da entidade desde sua fundação, em 1979, até os dias atuais e tem trilha sonora de Cesar Teixeira, Joãozinho Ribeiro e Gildomar Marinho.

 

Trilha sonora

E por falar em trilha sonora, o cantor e compositor Léo Almeida (violão) se apresentará no IV Café com Direitos Humanos. Acompanhado de Paulão Sá (percussão), interpretará um repertório de músicas de protesto e canções politizadas, afinadas com a causa.

 

“Professor de literatura brasileira, paraibano de nascimento, candango de coração”. Assim se define Léo Almeida, aposentado da Caixa Econômica Federal, cuja Caixa Cultural receberá sua apresentação. Integrante do grupo Sine Cura, tem diversos livros publicados, contos e poemas publicados em antologias diversas e parcerias com Nelson Oliveira e Zé Meuren (Bemol).

 

O IV Café com Direitos Humanos acontece na Caixa Cultural (SBS, quadra 4, anexo ao Edifício Matriz da Caixa). Nesta quarta (23), a partir das 18h30min, com entrada franca. Realização da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, o evento conta com o apoio da Rede de Educação Cidadã e Caixa Econômica Federal. Maiores informações: smdhbsb@terra.com.br, (61) 3273-4585.

 

Fonte: SMDH (por Zema Ribeiro)

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca