ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • Beyond

Coordenador do Centro de Direitos Humanos é assassinado no Tocantins

03/03/2011

Sebastião Bezerra da Silva, 40 anos, coordenador do Centro de Direitos Humanos de Cristalândia (TO) e Secretário do Regional Centro-Oeste do Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH), foi encontrado morto na madrugada desta segunda (28/02), na fazenda Caridade, em Dueré, sul de Tocantins. Antes de ser assassinado, foi torturado e os responsáveis por sua morte tentaram enterrar apressadamente seu corpo.

Silva atuou em casos importantes no Estado, como a denúncia contra PMs por tortura e assassinatos. Também esteve envolvido na apuração do linchamento de um preso no interior.

 

Entidades de defesa dos direitos humanos de todo o Brasil exigem a apuração rigorosa desse crime, assim como a responsabilização dos culpados. Tamanha brutalidade evidencia a situação vulnerável dos defensores de direitos humanos no país quanto a sua integridade física e moral, assim como a de seus familiares.

 

Leia abaixo nota pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça

o sobre o caso:

 

É com grande pesar que a Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da

 

Justiça (SENASP/MJ) tomou conhecimento do falecimento do advogado Sebastião Bezerra

da Silva, coordenador do Centro de Direitos Humanos de Cristalândia (TO) e secretário do

Regional Centro-Oeste do Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH).

 

Repudiamos os atos de violência contra defensores de direitos humanos, cuja atuação é

essencial para a defesa da cidadania e da democracia.

 

Aproveitamos a oportunidade para solicitar ao Governo do Estado do Tocantins a plena

apuração dos fatos e nos colocamos à disposição para auxiliar no que for necessário.

 

Brasília, 1º de março de 2011

 

REGINA MARIA FILOMENA DE LUCA MIKI

Secretária Nacional de Segurança Pública

Ministério da Justiça

 

Fontes: Movimento Nacional de Direitos Humanos, Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos, Jornal do Tocantins

 

 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca