ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • FIP
  • REDES

    • Plebiscito Constituinte

Organizações do Pará realizam VI Encontro de Mulheres Negras Quilombolas

20/08/2010

Motivadas pela luta e resistência ancestrais, o Centro de Estudos e Defesa do Negro no Pará - CEDENPA, a Coordenação das Associações das Comunidades  remanescentes de Quilombos do Pará – MALUNGU, o Instituto das Mulheres Negras – IMUNE, e a Rede de Mulheres Negras Fulanas, realizaram de 12 a 15 de agosto de 2010, o VI Encontro de Mulheres Negras Quilombolas com o tema “Meu Corpo, Meu Território Sagrado”.

 

Para Maria Luiza de Carvalho Nunes, coordenadora do CEDENPA, o evento que reuniu 400 mulheres de diferentes lugares do Brasil, no Município de Acará, Comunidade Quilombola de Itacoã-Miri, serviu para mostrar que o Movimento

de Mulheres Negras tem força e mobilização.

 

Ainda segundo Maria Luiza, o encontro trás a proposta de que as mulheres negras façam acontecer. “Elas estão nas mesas, na plenária, elas participam não só com as perguntas, mas também falam através da musicalidade, do corpo e da sua arte”, afirmou Luiza.

 

O encontro representa um valoroso instrumento no combate ao racismo, machismo, homofobia e todas as outras formas de discriminação e de violência que tem atingido as mulheres negras. Em sua sexta edição o evento celebra os 30 anos de fundação do CEDENPA, e nada mais oportuno que em tal data se mobilizem lutadoras e valorosas mulheres negras quilombolas, que organizadas vem provocando mudanças na forma de pensar e executar políticas públicas voltadas à população Afro-Brasileira.

 

Malungu avalia o encontro

José Carlos Galiza, coordenador da MALUNGU, uma das entidades organizadoras do VI Encontro de Mulheres Negras Quilombolas, falou ao FAOR em Foco sobre o evento:

 

”Pra nós da MALUNGU é muito importante porque a gente vem de uma luta muito árdua pela conquista do território e acaba muitas vezes a gente não tendo pernas para trabalhar a questão de gênero, para trabalhar a questão da juventude, para trabalhar outros setores que são muito importantes para fortalecer a luta. Esta parceria com o CEDENPA, ela se fortalece porque a gente conseguiu juntar as forças e fazer um evento da envergadura que está sendo esse. As palestras são muito importantes, a participação das mulheres está muito boa, superou as expectativas enfim. Mas o que é mais importante pra nós está sendo a integração destas mulheres que estão vindo de Santarém, Tocantins, Amapá, Maranhão, de áreas diferentes e que muitas vezes nem se conhecem mas que vão trocando experiências nos intervalos, nas redes quando vão dormir, e isso pra nós é fundamental. Então nestes espaços elas vão trocando experiências e vão dizendo o que está sendo negativo e o que está sendo positivo, dai as pessoas aprendem o que é positivo e passam a melhorar o que já estão fazendo. Para mim está sendo muito positivo este evento pois está todo mundo participando ativamente deste evento.”

 

Fonte: FAOR em Foco

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca