ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fundação Ford
  • REDES

    • Mesa de Articulación

Deputado pede abertura de CPI após ausência de representantes da Zara na Assembleia Legislativa paulista

02/09/2011

"Se não respeitam nem os direitos humanos dos trabalhadores, essas empresas também não vão respeitar essa Casa", comentou o deputado Carlos Bezerra Jr. (PSDB) após o não comparecimento de representantes da Zara, convidadosa prestar esclarecimentos sobrea exploração de trabalho escravona fabricação de peças de roupas daZara, na última quarta-feira, 31. Ele defende a instalação imediata de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Trabalho Escravo para apurar esse e outros casos.

 

Em comunicado, a Zara Brasil declarou que, em função do "curto período de tempo entre o recebimento do convite e a data da reunião", o presidente da filial brasileira, Enrique Huerta Gonzalez, "encontra-se impossibilitado de comparecer perante a comissão". À Comissão, a marca informou complementarmente que o executivo estava cumprindo agenda fora do país e sugeriu que o compromisso para outra data posterior a partir de 23 de setembro.

 

Os advogados da AHA, empresa que atuava na intermediação entre a Zara e as oficinas de costura subcontratadas, também protocolaram documento em que atribuem a ausência dos sócios ao "tempo exíguo" e pediram que sejam notificados com ao menos 15 dias de antecedência. Apresentados pelo deputado Carlos Bezerra Jr., os requerimentos de convite aos responsáveis legais pelas empresas envolvidas foram aprovados na segunda-feira (29).

Fonte: Repórter Brasil

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Novos paradigmas de desenvolvimento: pensar, propor, difundir

Rua General Jardim, 660 - Cj. 81 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca