ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • TTF Brasil

TVPE abre as portas para a produção independente

09/09/2010

A produção independente de Pernambuco vai ganhar uma importante janela de exibição. A TV Pernambuco já começou a receber e avaliar os trabalhos tanto da produção independente do estado, quanto da região Nordeste. “Acho essa abertura essencial. O modelo de TV pública, realmente participativa, tem que considerar essa produção. Isso, evidentemente, beneficia não apenas os produtores, que têm como escoar seus trabalhos, mas também o público, que tem acesso a um material diferenciado, do ponto de vista da diversidade de assuntos e formatos de produção. E, isso é muito relevante para a cultura local”, diz a produtora Mannuela Costa, da Plano 9, que estreou semana passada na grade da emissora, o programa "Casa de Botão", voltado para moda e comportamento.

 

“A gente tem muito material pra exibir, mas ficava de certa forma restrito. É importante que façam programas com gente daqui. E o bom é que no sertão todos vão poder ver as nossas produções. Sei que a TV é muito vista por lá” , afirma o produtor  Hamilton Costa Filho, da Cabra Quente Filmes.

 

De acordo com o diretor de programação da emissora, Eduardo Homem a TVPE está aberta para receber propostas de programas, interprogramas, documentários, clipes musicais e todo conteúdo audiovisual. Eduardo lembra que a nova proposta de programação deve ser norteada pela  promoção aos Direitos Humanos, o combate as diversas formas de preconceito e a valorização da cultura do Nordeste. Para o novo diretor, o caráter educativo, científico e informativo, além dos cuidados técnicos e estéticos, devem orientar a nova tevê pública.  A “ TV Pernambuco deve ser encarada como um canal de escoamento desta produção que será selecionada de acordo com estes critérios que foram discutidos coletivamente no período de reformulação da emissora”, diz Eduardo.

 

Janela Pública

Mannuela Costa afirma que, até agora, boa parte das produções de cinema acabam se limitando a exibições em festivais. No caso de programas de tevê, o universo de exibição restringia-se a  tevê da Universidade e a algumas tentativas em emissoras comerciais, que não apresentavam muitas facilidades na veiculação. “Emissoras comerciais têm dificuldades para exibir produção independente, em função do engessamento das redes das quais fazem parte. Isso implicava em horários restritos, que nem sempre eram adequados ao público e ao perfil do programa”, expõe.

 

Quem estiver interessado em enviar conteúdo para a TVPE  pode ficar por dentro da proposta de reformulação acessando www.tvpernambuco.pe.gov.br. Lá,  irão encontrar os critérios para formulação de programas e interprogramas.

 

De acordo com a direção da emissora pública, os que já possuem material podem enviar a sua proposta para a sede da emissora, no Recife para o Departamento de Programação. No setor será avaliado o conteúdo dos trabalhos e  posteriormente será feito contato com os realizadores a fim de efetivar o contrato de veiculação. O endereço do escritório da TV PE é Avenida Conde da Boa Vista, nº 1424, Boa Vista CEP: 50060-001. Telefone: (81) 3183.7300.

 

Fonte: OmbudsPE / CCLF

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Agenda 2030

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - Osasco- CEP: 01223-010 - São Paulo - SP - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda à sábado, das 9h às 19h

design amatraca