ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Instituto C&A
  • REDES

    • Plataforma Reforma Política

Organizações criticam fim de parceria para 1 milhão de cisternas no semiárido

16/12/2011

A decisão do governo federal de interromper o convênio que prevê a construção de 1 milhão de cisternas, foi criticada  por organizações que compõem a Articulação do Semi-Árido Brasileiro (ASA). Segundo a entidade, a medida pode gerar um retorno às “velhas práticas da indústria da seca, onde as famílias são colocadas novamente como reféns de políticos e empresas”.

 

Desde 2003, o programa já beneficiou diretamente mais de 2 milhões de pessoas, em 1.076 municípios. A partir de agora, as parcerias serão fechadas somente com os governos municipais e estaduais.

 

Para a coordenadora da ASA no estado do Ceará, Cristina Nascimento, a interrupção do convênio tem o objetivo de limitar a participação da sociedade civil.

 

“O que a gente tem visto é a preocupação em fortalecer o Pacto Federativo. Isso para gente não é ruim. O problema do semiárido sempre foi a ausência do Estado. Mas isso não impede que o Estado esteja em comum diálogo com a sociedade. Nós também entendemos que há uma conjuntura de criminalização das organizações não governamentais e dos movimentos sociais.”

 

Cristina considera o fim da parceria uma contradição para um governo que tem como prioridade a erradicação da pobreza.

 

“Como você corta de dentro do semi-árido uma dinâmica que tem valorizado, que tem dinamizado a economia, tem gerado capacitação técnica com processo formativo, tem gerado renda para as famílias e tem gerado qualidade de vida? É toda essa rede que está sendo quebrada.”

 

Até o momento, foram construídas 371 mil cisternas na região do semiárido brasileiro. Os contratos que previam a realização das próximas ações envolviam R$ 120 milhões.

 

Escute o áudio aqui.

 

Fonte: Radioagência NP (Jorge Américo)

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca