ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • União Europeia
  • REDES

    • Plataforma MROSC

FEPETIPE defende ações efetivas para combater e eliminar a exploração do trabalho infantil no carnaval de Pernambuco

16/02/2012

O Fórum Estadual para Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil no Estado de Pernambuco (FEPETIPE) alerta a sociedade para combater a exploração do trabalho infantil no carnaval.

 

O Fórum chama a atenção para a gravidade do problema da exploração infantil, nesse período, pois a título de complementação de renda familiar as crianças são expostas a explorações de diversas formas, e são submetidas a situações de vulnerabilidades e riscos, seja por períodos extensos e exaustivos, seja por abandono e exposição ao uso de bebidas e drogas, seja exposta a exploração sexual.

 

Para o Fórum, é lamentável a existência deste aspecto desumano da folia carnavalesca, com crianças e adolescentes sendo explorados através do trabalhando na venda de bebidas alcoólicas, água, refrigerante, dentre outros produtos, e catação de resíduos, em situações de vulnerabilidade social, expostos a condições perigosas, insalubres e prejudiciais à sua saúde física e emocional.

 

O FEPETIPE, assim, destaca como fundamental o compromisso da sociedade na atenção de proteção de sua infância  bem como que importantes as ações sejam empreendidas pelo estado pernambucano e seus municípios que buscam garantir o cumprimento das leis que protejam a criança e o adolescente, eliminando assim o número de trabalhadores infantis em situação de exploração nas ruas durante o carnaval que atuam principalmente em atividades de coleta de material reciclável, no comércio ambulante de produtos e na exploração sexual.

 

O Fórum Estadual defende a intensificação, durante o período carnavalesco, do trabalho das gestões municipais e estadual no combate ao trabalho infantil, assim como orientar e informar a população sobre o problema. Durante a semana pré-carnavalesca e o Carnaval, devem ser disponibilizados espaços de atendimento a crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil e mendicância, bem como a atenção às famílias. O Fórum lembra ainda que há o Disque 100 para denunciar os casos de violação de direitos da criança e do adolescente. Qualquer pessoa pode fazer a ligação, gratuitamente.

 

ATENÇÃO REDOBRADA - Uma das ações que estarão sendo desenvolvidas para o combate ao trabalho infantil no Carnaval é a ação Atenção Redobrada, através do Governo do Estado e parceria com os municípios.

 

A ação Atenção Redobrada acontece em sete municípios pernambucanos: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Bezerros, Cabo, Camaragibe e Tamandaré. A ação começou no dia 11 de fevereiro e termina no dia 21 de fevereiro, de acordo com a programação específica de cada município.

 

No Recife, os educadores já estão trabalhando desde o último sábado (11) e seguem até a próxima terça-feira (21).  Nos dias de folia está funcionando um ponto de acolhimento, localizado na Rua Alfredo Lisboa, na Praça do Marco Zero. Lá serão promovidas oficinas socioeducativas de Artes, Jogos Recreativos, Skate, Dança Capoeira, Jogos de Salão, Tae Kwon Do, Karatê e Break.

 

Na cidade de Olinda, as atividades serão intensificadas de amanhã até o dia 21. O ponto de acolhimento ficará instalado na Praça Sítio Seu Reis, onde serão promovidas oficinas de Percussão, Dança, Artes Plásticas e Adereços. “Vamos entrar com força total no Sítio Histórico de Olinda. Temos a perspectiva de acolher cerca de 100 crianças por dia”, revelou o secretário de Assistência Social de Olinda, André Cândido.

 

Em Jaboatão dos Guararapes e no Cabo de Santo Agostinho o “Atenção Redobrada” funcionará durante toda essa semana pré-carnaval, até sexta-feira (17). Já as festas realizadas em Camaragibe e Tamandaré a ação será feita nos dias de Carnaval.

 

O Município de Bezerros, agreste do Estado, terá pela primeira vez a campanha “Atenção Redobrada”. Lá também haverá um local de acolhimento que ficará localizado na Rua Florismundo Santa Cruz – 89, onde serão realizadas oficinas socioeducativas de Dança, Artes com Reciclagem, Leitura Dinâmica, Karatê e Biscuit.

 

Para a intervenção, o Governo do Estado contratará empresa para reforçar as equipe técnica de mobilizadores para integrar ação conjunta com cada município. Os profissionais orientarão a população a combater o trabalho infantil, a venda de bebidas alcoólicas aos menores de 18 anos e demais violações dos direitos da criança e do adolescente.

 

Mais Informações:

 

FÓRUM ESTADUAL PARA PREVENÇÃO E ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL (FEPETIPE)

- Mabel de Carvalho (Sindaçúcar): 9949-8390

- Janaina Pedrosa (Cendhec): 8863-3983

- Janine Miranda (Ministério Público do Trabalho/PE): 9211-4962

- Simone Brasil (Ministério do Trabalho e Emprego- SRTE/PE): 9974-3161

 

AÇÃO ATENÇÃO REDOBRADA

- Naila Soares (Secretaria Estadual da Infância e da Juventude): 8604-7875

 

Fonte: Cendhec

 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Projeto Sociedade Civil Construindo a Resistência Democrática

Rua General Jardim, 660 - Cj. 81 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca