ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Misereor
  • REDES

    • Plataforma MROSC

Militantes do MAB participam de protesto contra barragens na França

16/03/2012

Militantes do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) que estão em Marselha, na França, participando do Fórum Alternativo Mundial da Água, estiveram presentes em um ato de protesto contra a construção de grandes barragens, como a de Jirau no Brasil. O ato aconteceu na estação central de metrô de Marselha, em virtude do Dia Internacional de Lutas contra as barragens, pelos rios, pela água e pela vida, cujas ações acontecem ao redor do mundo neste dia 14 de março.

 

Um dos focos da ação foi a crítica à construção da usina de Jirau, no rio Madeira, em Rondônia, cuja acionista é a empresa GDF Suez, da qual o Estado francês é acionista em 36%.

 

Para Ivanei Dalla Costa, da coordenação nacional do MAB, o ato foi muito importante, pois deu visibilidade às lutas que estão sendo travadas pelo MAB na jornada nacional, que acontece nesta semana em diversas capitais brasileiras contra a construção de usinas e pelos direitos dos atingidos. “Pudemos expressar para o mundo que nossa luta se soma à luta de tantos outros atingidos por barragens em diversos países. Nos solidarizamos às lutas dessas populações e manifestamos nossa posição de repúdio ao tratamento dado pela GDF Suez aos atingidos por barragens de propriedade dessa empresa”, afirmou Ivanei.

 

Além da participação na manifestação, os militantes do MAB estarão presentes em mesas de debates e articulações com organizações que discutem a privatização da água. “Estamos com um processo de privatização da água em curso no Brasil e somos totalmente contra essa tentativa das grandes empresas em se apropriar de um recurso são necessário como a água. Temos que fazer ações globais de combate a empresas como a Odebrecht e Suez que querem se apropriar dessa nossa riqueza”, disse Iury Charles Paulino, também da coordenação do MAB.

 

O Fórum Alternativo Mundial da Água que será concluído no sábado, é realizado em paralelo ao Fórum Mundial da Água, onde participam, sobretudo, responsáveis governamentais e grandes empresas da água.

 

Fonte: MAB

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Compartilhar Conhecimento: uma estratégia de fortalecimento das OSCs e de suas causas

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca