ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Fastenopfer
  • REDES

    • FIP

CAA participa de discussão ambiental promovida pelo Ministério Público em Irecê

27/06/2013

Previsto para durar três dias, o Curso buscou promover um diálogo capaz de analisar e propor soluções para as problemáticas socioambientais do Território



O coordenador executivo do Centro de Assessoria do Assessoria do Assuruá (CAA), Mário Augusto (Jacó), participou, na manhã desta segunda-feira (17), do curso “Construindo a consciência ambiental” promovido pelo ministério Público da Bahia. O evento é um espaço para a promoção de novas referências da cidadania ambiental nos Territórios de identidade da Bahia e visa integrar os atores sociais em processos estruturantes que os transformem em verdadeiros “cidadãos ambientais”.

 

Previsto para durar três dias, o Curso buscou promover um diálogo capaz de analisar e propor soluções para as problemáticas socioambientais, tendo em vista o cenário de agressões ao meio ambiente que a Bahia tem sofrido nos últimos anos. Para a Promotora, Luciana Khoury, coordenadora do Núcleo de Defesa do São Francisco (Nusf), o evento marca um momento em que se reconhece, de forma contextualizada, os principais ganhos, desafios e perdas ambientais identificados pelo próprio MP durante a Fiscalização Preventiva Integrada ocorrida no primeiro semestre de 2013. “Entendemos que temática ambiental é uma temática sistêmica e meio ambiente é tudo o que nos cerca”, afirmou a promotora.

 

Para o Coordenador do CAA, Mario Augusto (Jacó), é preciso que se pense os desafios ambientais de forma conectada à história política e social dos povos que vivem em cada lugar. De acordo com Jacó, não é possível se pensar em conservação ambiental e, muito menos, em convivência com o Sertão, se não se repensar o modelo de desenvolvimento que, historicamente, vem privilegiando as classes dominantes em detrimentos dos pequenos produtores. “O que nós fazemos um trabalho técnico, mas é também um trabalho com concepção política. E nós queremos é incomodar aqueles que ajudaram a construir essa desigualdade”, afirmou, com firmeza.

 

O curso “Construindo consciência Ambiental” tem programação até o próximo dia 19 de junho quando, depois de abordar temas importantes para o desenvolvimento sustentável da região, encerrará seus debates enfocando a questão do acesso e preservação dos mananciais de água no Território de Irecê. Assim, espera-se que as lideranças e autoridades presentes saiam do evento capacitados para entender que a preocupação ambiental é prioritária quando se pensa e um mundo mais digno e com maior qualidade de vida...

 

Fonte: CAA. Fotos: Henrique Oliveira

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Projeto Sociedade Civil Construindo a Resistência Democrática

Rua General Jardim, 660 - Cj. 81 - São Paulo - SP - 01223-010
11 3237-2122
abong@abong.org.br

design amatraca