ABONG -  - Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

associe-se

conheça nossas associadas

Procure pelo nome em um dos campos abaixo:

selecione
selecione

Ou faça aqui uma busca detalhada:

selecione
selecione
selecione
selecione
  • APOIO

    • Pão Para o Mundo
  • REDES

    • TTF Brasil

Idec entrega petição ao STF pela urgência na decisão dos planos econômicos

17/09/2013

Para que seja definido ainda este ano o rumo dos recursos que estão suspensos, o Idec apela ao Supremo e mobiliza todos os poupadores a fazerem o mesmo

 

Aqueles que aguardam há 24 anos ou mesmo seus herdeiros têm direito ao ressarcimento pelos bancos

 

O Idec encaminhou uma petição ao STF (Supremo Tribunal Federal) pedindo a prioridade na tramitação e o apressamento do julgamento dos recursos que suspenderam as execuções, ainda não definitivas, que tratam da devolução ao poupador, do erro de rendimento aplicado às poupanças, por decorrência da troca dos planos econômicos (Bresser, Verão e Collor I e II).

 

O apelo é para que STF julgue tais recursos ainda este ano, para que as execuções paralisadas em todo o País voltem a prosseguir normalmente e recuperem os valores devidos pelos bancos aos poupadores que aguardam definição da Justiça há 24 anos ou mesmo seus herdeiros.

 

“Certamente, o tempo decorrido para a efetividade dos direitos dos poupadores brasileiros contraria o direito de acesso à Justiça e da razoável duração do processo, garantidos no art. 5º da Constituição da República. Deste modo, a prioridade é medida de urgência.”, opina o advogado do Idec Flavio Siqueira Júnior.

 

Portanto, além da participação do Idec como interessado nessa definição do STF, o Instituto convida todos consumidores, envolvidos diretamente ou não com o assunto, a encaminhar suas próprias requisições, pelo canal de ouvidoria do STF.


http://www.stf.jus.br/portal/cms/verTexto.asp?servico=centralDoCidadaoAcessoInformacao&pagina=sobreCentralCidadao

 

Sugestão de mensagem:


Eu, consumidor(a) e cidadão(ã) brasileiro(a), escrevo ao Supremo Tribunal Federal pela defesa do Direito do Consumidor. Espero a decisão, favorável aos consumidores, de quatro Recursos Extraordinários cujas as execuções estão paralisadas em todo o País. Os poupadores prejudicados pelos Planos Econômicos esperam uma decisão há mais de 24 anos e esta Casa prometeu que ainda em 2013 os julgamentos seriam realizados. Atenciosamente,

 

Petições do Idec, para cada um dos Ministros responsáveis pelos recursos que aguardam decisão, disponível em: http://www.idec.org.br/em-acao/em-foco/idec-entrega-petico-ao-stf-pela-urgencia-na-deciso-dos-planos-economicos

 

Fonte: Idec

 

 

PALAVRAS-CHAVE

  • PROJETOS

    • Informação, formação e comunicação em favor de um ambiente mais seguro para a sociedade civil organizada

Rua General Jardim, 660 - Cj. 71 - São Paulo - SP - CEP: 01223-010 - Tel.: 11 3237-2122

Horário de funcionamento do escritório: segunda-feira à sexta-feira, das 9h às 19h

design amatraca